Amazonas Opinião

Coluna | Confira artigo sobre “Compreensão de uma nova geração”

Manaus | Coluna Papo jovem

Autor (a): Letícia Barbosa Lira

Título: Compreensão de uma nova geração.

“A juventude é a fase em que muitos se perdem, entretanto poucos se encontram. É a fase em que tudo se duvida, tudo é questionado ou pré-julgado. É a fase em que tentamos crescer mesmo com o medo de perder a alma de jovem e envelhecer. É sentir a pressão do mudo sobre as costas. É querer ser tudo por medo de ser nada.”

A sociedade ultimamente tem atacado de forma impiedosa a consequência dos valores que ela mesma impôs, a valorização do ter e não ser. Houve tantos questionamentos mas poucas atitudes do que se fazer em um momento com grande índice de depressão, ansiedade, suicídio presente na vida dos jovens.

A indústria musical só produz músicas depredando o valor de cada ser humano, a sociedade impõe padrões mais definidos sejam economicamente, comportamental, a imagem de cada um, gostos e etc. Porém vamos analisar, há 20 anos atrás o perigo era menor, violência verbal, física e sexual eram menores casos presentes no dia a dia, a economia e a política relevantes a sua época, costumes e cultura diferenciado. A forma de comunicação e relacionamento era totalmente diferente da atual geração.

Julgam uma geração conectada, mas não procuram entender que já nascemos nesse meio, que faz parte da realidade de todo ser humano. As famílias difundiram-se os valores, esqueceram o que é real ou virtual. No qual é importante a presença para o desenvolvimento impreterivelmente de um adolescente, lembrando que cada ser humano tem suas particularidades e seu tempo. A base de todos e qualquer mudança está no querer , na vontade, na motivação, e no amor pelo que se faz. É fácil julgar o ato das pessoas, mas procuraram entender as razões? “Será que seu filho se sente amado e aceito independente das escolhas dele, seja ela escolhas sexuais, da sua futura profissão, da decisão do que o mesmo colocará para prestar vestibular, ou dos sonhos dele?”

O amor, a compreensão, o olhar para o outro indo além do que o físico demonstra mas procurando entender a essência de cada indivíduo, é segredo para qualquer superação. O amor transcende os limites imaginários, a medida do amor é amar sem medidas.

Diga sempre palavras de amor e de motivação, atitudes doem mas palavras são destrutivas, procure sempre lembrar o quanto você ama alguém, como já dizia Renato Russo “É preciso amar as pessoas como se não tivesse o amanhã.” seja para o próximo aquilo que você sempre quis para si.

É preciso que mude, a forma como tratamos uns aos outros, é necessário ver e escutar além daquilo que se quer ouvir. “Como podemos chamar isso de evolução, se os prédios crescem, mas o amor não.” -Fábio Brazza. “Sua vida pode ser uma comédia, uma aventura ou uma história de superação, sucesso e amor. Mas pode também ser um drama, uma tragédia ou a monotonia da não-mudança. Porque todos nós temos tudo isso em nossas vidas. O que muda é como editamos, em quais experiências mantemos o foco e sobre o que falamos. Fale do drama e sua vida será um drama. Fale da aventura e a mesma vida será deliciosa.” -Aldo Novak.

Letícia Barbosa Lira