Amazonas Análises & Estudos Manaus

Economia | Feiras e exposições agropecuárias terão R$ 5 milhões em crédito neste ano do Governo do Amazonas.

Manaus | Terça-feira


As feiras e exposições agropecuárias no Amazonas terão R$ 5 milhões, em 2018, para o financiamento de máquinas, implementos agrícolas e aquisição de animais. O recurso será disponibilizado pelo Governo do Estado, por intermédio do crédito rural da Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam). Serão 15 eventos dessa natureza apoiados em Manaus e no interior.

Terão o crédito da Agência de Fomento, com a presença dos técnicos da instituição, as feiras e exposições agropecuárias de Parintins (Expopin), Careiro Castanho (Agropec), Envira, Apuí, Barreirinha, Autazes (Feira do Leite), Manaus, Boca do Acre, Manicoré (sede municipal e no distrito Santo Antônio do Matupi), Humaitá, Manacapuru, Nhamundá, Urucará e Ipixuna.

A relação das feiras foi definida em conjunto com as instituições que representam o setor primário, como a Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea), e a Secretaria da Produção Rural (Sepror) e seus órgãos técnicos – Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam), Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) e Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf).

Os municípios atendidos respondem pelos maiores rebanhos do estado, informações que foram levantadas pelos técnicos do Idam, que fazem assistência técnica ao longo do ano. Em Nhamundá, por exemplo, o rebanho chega a 22 mil bovinos. É nas feiras que os produtores podem comercializar produtos e animais, além de investir em implementos destinados à melhoria das propriedades rurais.

Prioridade – O recurso reservado às exposições agropecuárias faz parte do orçamento de R$ 40 milhões desse ano direcionado exclusivamente pela Afeam ao setor primário, valor que pode ser ampliado conforme a necessidade. Ao todo, a instituição tem R$ 125 milhões para fomentar o empreendedorismo, montante R$ 35 milhões maior que o alocado em 2017.

Em 2018, a meta do Governo do Amazonas é priorizar o investimento na geração de emprego e renda no interior do estado. Além do crédito levado direto à agricultura familiar, a Afeam investirá no financiamento de cadeias produtivas, a exemplo da castanha, piscicultura, fruticultura, mandioca, manejo do pirarucu, pecuária de corte e leiteira, avicultura, guaraná, cacau, entre outras.

Fonte: Secom

Redação Por Natália Dantas

Redação

Redação

Equipe séria e compromissada com a veracidade da informação, assim como os princípios éticos e legais na produção de matérias jornalísticas e estudos com base em pesquisas confiáveis e fidedignas.

Add Comentário

Clique aqui para postar um comentário

%d blogueiros gostam disto: