Artigos

Artigo | Pesquisa eleitoral em descrédito, quem são os culpados?

prof. alexandre araujo

Artigo de opinião | Terça Feira (17/04)


A política no Brasil e no Amazonas, sofre por falta de identificação da população com seus atores, neste contexto, estendo essa afirmação para empresas e profissionais do ramo de pesquisas eleitorais. Nesta segunda feira, foi possível perceber uma reação forte nas redes sociais, quanto a divulgação de uma pesquisa eleitoral realizada no Amazonas. No entanto, a reação em geral, foi de descrédito, comentários negativos e difamatórios quanto a prática da pesquisa no Amazonas. Isto, não é bom, atinge a todos que trabalham nesta área, diretamente e indiretamente.

A pesquisa pode ser definida como a busca de um resultado através de um método científico, ou seja, validado por experimentos e técnicas. O sentimento do pesquisador em ‘’prever’’ o resultado de uma eleição, ou prever o ‘’fato’’ que poucos sabem, pode ser definida como satisfatória. No Amazonas, esse sentimento parece não sobreviver durante os anos, cada vez mais, a desconfiança e o descrédito atingem essa classe de profissionais.

A pesquisa eleitoral deve ser considerada como algo sério, pois é uma das principais ferramentas que norteiam importantes decisões, seja de políticos, partidos e a sociedade. A eleição deste ano, já está em andamento, vamos torcer para que pesquisas eleitorais retomem o caminho da confiança, seja do meio político ou da sociedade, pois assim, todos ganham. A retomada da confiança nesse segmento, depende diretamente de todos que estão envolvidos no processo, seja através, da mudança de consciência ou de perspectivas.

Eric Lima Barbosa

Siga-nos

Parceiros