Mundo

Mundo | Foram encontrados os 13 sobreviventes em caverna na Tailândia

imagem-resgate-tailandia

 Manaus | terça-feira

A caverna Than Luang, no norte da Tailândia, é uma das mais extensas, com uma rede de mais de 10 quilômetros, um local apreciado por espeleólogos, os mergulhadores encontraram os meninos a metros de “Pattaya Beach”, a zona da caverna onde acreditavam que eles estariam refugiados, agora inundada. Ao todo são 12 meninos de um time de futebol e seu treinador que estavam desaparecidos há 9 dias.

No entanto, apesar de terem encontrado, a água lamacenta impede retirada do grupo, limitando as operações na entrata principal, mesmo assim, soldados americanos e mergulhadores britânicos se unem na tentativa de resgate. Para auxilar no regaste e sobrevivência deles, um grupo de médicos foi ao local para avaliar a capacidade para mergulhar, a partir desta terça-feira ou em alguns dias, dependendo das suas condições, remédios, mantimentos e alimentos também foram levados.

Além disso, equipamentos de mergulho foram levados e daqui a poucos dias, eles terão que aprender técnicas de mergulho, mas enquanto isso não acontece, socorristas continuam bombeando o máximo de àgua para fora da caverna, para facilitar a saída deles já que vão percorrer cerca de quatro quilômetros até a saída.

O vídeo gravado pelos socorristas e publicado no Facebook viralizou, nele mostra o grupo de meninos magros, vestidos com os uniformes de futebol sujos de lama, refugiados em uma parte da caverna cercados pela água desde o dia 23 junho.

Nesta terça-feira (3), está prevista a instalação de uma linha direta, de vários quilômetros de comprimentos, na galeria principal da caverna para que os meninos consigam se comunicar com o mundo exterior, especialmente com os pais.

Foto: Facebook Marinha da Tailândia.

Redação por Ana Flávia Oliveira.

Siga-nos

Parceiros