Brasil Economia Mundo

Economia | Fabricante da cerveja Corona investe US$ 4 bilhões no mercado da maconha.

maconha-alcool

Manaus | Quarta-feira 15-08


O grupo que fabrica a cerveja Corona, anunciou nesta quarta-feira (15) um investimento de US$ 4 bilhões na empresa canadense especializada em maconha Canopy Growth, em uma grande aposta na cannabis e no potencial mercado de bebidas que incluam essa planta.

“Através deste investimento, estamos elegendo a Canopy Growth como o nosso parceiro global exclusivo para a maconha”, explicou em comunicado o executivo-chefe da empresa americana, Rob Sands.

A aposta pela maconha faz parte da expectativa de que será legalizada nos próximos anos em uma série de países, principalmente nos EUA, onde vários estados já deram esse passo.

As empresas deixaram claro hoje, no entanto, que não pensam em comercializar produtos de cannabis enquanto estes não forem permitidos por “todos os níveis de Governo”.

As vendas legais de maconha nos Estados Unidos e no Canadá alcançaram em 2016 mais de US$ 11,7 bilhões e espera-se que cheguem aos US$ 23 bilhões nos próximos cinco anos, segundo a consultora ArcView.

O Canadá, onde a maconha é permitida para fins medicinais, deve se tornar em outubro o terceiro país do mundo a legalizar totalmente o produto, depois do Uruguai e da Geórgia.

Antes que a Constellation Brands, outras grandes cervejeiras americanas anunciaram nos últimos meses planos para impulsionar esse tipo de bebidas.

A californiana Lagunitas (uma das pioneiras da cerveja artesanal e propriedade agora da Heineken) já lançou em julho uma água com gás com sabor de lúpulo e com tetrahidrocannabinol (THC), o agente psicoativo da maconha.

Redação Por Natália Dantas

Siga-nos

Parceiros