Conteúdo & Informação Pesquisa & Publicações Tecnologia

Ciência & Tecnologia | Médicos aprovam o uso do WhatsApp para falar com pacientes

Manaus | 5 de Dezembro de 2018 (Quarta-feira)


De acordo com o levantamento realizado pela Associação Paulista de Medicina (APM), 85% dos médicos são favoráveis ao uso do aplicativo de mensagens, WhatsApp, no trabalho, no entanto 57,9% pensam o contrário sobre o assunto de consulta a distância.

Claro que, apesar da ferramenta fazer parte do cotidiano dos médicos e pacientes, o uso constante do aplicativo não substitui a consulta presencial.

“Há um grande desafio dessas tecnologias para que não afastem o médico do paciente e para que o médico não fique preso ao computador. Também precisa de regulamentação do uso. Médicos usam muito o WhatsApp para se relacionar com o paciente mas isso não é registrado no prontuário.”, explica o diretor de TI da APM, Antonio Carlos Endrigo.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) reconheceu em 2002, a telemedicina como exercício da profissão. Já em fevereiro deste ano, regulamentou  os aplicativos de consulta médica, determinando que tenham diretor-técnico, Registrou de Qualificação de Especialidade, arquivamento de prontuários e que respeitem as normas de publicidade do setor.

Para o neurologista e presidente do conselho curador do Global Summit Telemedicimi & Digital Healt, Jefferson Fernandes, afirma que a Telemedicina já é uma realidade, “É necessário ter esse avanço , tanto o sistema público como o suplementar, porque é algo que não tem volta.”, Ressalta.

Foto: C. C. Pexels.

Fonte: APM.

Redação por Portal Pontual.

Redação

Redação

Equipe séria e compromissada com a veracidade da informação, assim como os princípios éticos e legais na produção de matérias jornalísticas e estudos com base em pesquisas confiáveis e fidedignas.

Add Comentário

Clique aqui para postar um comentário

%d blogueiros gostam disto: