Conteúdo & Informação Política no Brasil

Política| Pastora Damares Alves é anunciada como ministra de Direitos Humanos.

Manaus| 07 de Dezembro de 2018 (Sexta-Feira)


O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira (6), Damares Alves para ser ministra de seu governo em 2019. Damares é militante contra o aborto e rejeita que o tema seja encarado como uma questão de saúde pública, apesar das milhares de mortes por ano no Brasil decorrentes de interrupções clandestinas de gravidez.

“Essa pasta vai lidar com proteção de vidas, não com morte” disse Damares assim que foi anunciada ao cargo.

Ela assumirá o papel de ministra das pastas da Mulher, Família e Direitos Humanos, a proposta é criar uma nova conduta a partir do dia 1° de janeiro, que visa beneficiar também a Fundação Nacional do Índio, órgão responsável pelas politicas públicas que regem as comunidades indígenas do país.

A pastora da Igreja do Evangelho Quadrangular, terá a missão delicada e ao mesmo tempo estratégica de formular pautas para os grupos mais vulneráveis da sociedade e ao mesmo tempo terá de responder à base conservadora que ajudou a levar Bolsonaro ao poder, um político que rejeita o conceito de “minoria” e relativiza os direitos humanos.

Durante a campanha, Bolsonaro afirmou mais de uma vez que, na questão de definição salarial e brecha de gênero em empresas privadas, o Estado não deveria interferir mas Damares parece pensar ao contrário já que anunciou que iria tomar providências sobre situações como esta, “Se depender de mim vou para a porta da empresa em que o funcionário homem, desenvolvendo papel igual da mulher, ganhe mais. Acabou isso no Brasil”, declarou.

Foto: Divulgação.

Redação Portal Pontual.

Redação

Redação

Equipe séria e compromissada com a veracidade da informação, assim como os princípios éticos e legais na produção de matérias jornalísticas e estudos com base em pesquisas confiáveis e fidedignas.

Add Comentário

Clique aqui para postar um comentário

%d blogueiros gostam disto: