Brasil Conteúdo & Informação Policial

Justiça | Delegado responsável por investigação do caso Marielle é afastado do caso por “cansaço”

Manaus | 14 de Março de 2019 (Quinta-feira)


O delegado Giniton Lages, responsável por apontar o policial militar da reserva Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz como autores do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março de 2018 será afastado do caso.

De acordo com o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, o delegado será substituído nesta segunda fase de investigações, pois Lages encontra-se “cansado” e nega que seu afastamento se deu por qualquer mal entendido.

Witzel alegou que Lages esteve durante as investigações por um ano até a descoberta dos autores do crime, e isso, por algum motivo, fez que com o delegado estivesse esgotado fisicamente dos trabalhos, saindo de férias para um descanso.

Além disso, o governador afirmou que Lages, paralelamente fará um intercâmbio ligado à polícia da Itália, com o intuito de adquirir conhecimentos para serem aproveitados no Brasil futuramente.

“Estamos com vários intercâmbios para fazer. Como ele [Giniton] está com a experiência adquirida e nós estamos com o intercâmbio com a Itália exatamente para estudar a máfia, os movimentos criminosos, ele vai fazer essa troca de experiência com a polícia italiana. Ontem [12] fiz o convite a ele, se ele poderia ser esse elemento de ligação”, explicou o governador.

O delegado ainda não se manifestou sobe o assunto para a imprensa nem sobre o convite feito por Witzel, e nem sobre as suspeitas de que sua saída seria motivada por insatisfações de seus superiores.

De acordo com o jornal O Dia, a saída do delegado do caso foi motivada por uma insatisfação de seus superiores dentro da Polícia Civil e ainda segundo o site, quem ocupará a vaga será Daniel Rosa, atualmente na DH da Baixada Fluminense.

Foto: Daniel Ramalho.

Fonte: Com informações do O Dia.

Redação por Ana Flávia Oliveira.

Redação

Redação

Equipe séria e compromissada com a veracidade da informação, assim como os princípios éticos e legais na produção de matérias jornalísticas e estudos com base em pesquisas confiáveis e fidedignas.

Add Comentário

Clique aqui para postar um comentário

%d blogueiros gostam disto: