Conteúdo & Informação Manaus Opinião

Planos | Em ano que antecede eleição para Prefeitura, Arthur “inventa obra” com mais de 64 milhões na Constantino Nery

Manaus | 09 de Abril de 2019 (Terça-feira)


Na manhã de segunda-feira (08), o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, anunciou através de uma coletiva realizada em um trecho entre os bairros Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul e São Geraldo, na Zona Oeste da capital, o lançamento das obras de passagens subterrâneas.

O prefeito aproveitou a ocasião para falar sobre o prazo da obra, que é de 12 a 15 meses, que provavelmente serão estendidos, porém, este ano antecede a eleição para a Prefeitura de Manaus, então será que podemos garantir essa obra dentro da meta estabelecida?

Esse projeto garante uma nova pista que irá interligar a Rua João Valério, no sentido Leste-Oeste, com a Avenida São Jorge, passando por baixo da Avenida Constantino Nery. De acordo com a prefeitura, isso melhorará o trânsito intenso no local.

Fora que haverá uma bifurcação onde os veículos serão designados no sentido ao bairro São Jorge e outra fará curva à esquerda, direcionando para a Avenida Constantino Nery, sentido Centro, passando ainda pela Estação de Transferência, criada para atender ao transporte coletivo.

Ainda não terminou por ai, uma segunda intervenção sob a Avenida Constantino Nery será designada para o trânsito no sentido Oeste-Leste, interligando a Rua Pará com a Avenida São Jorge.

Detalhe que o valor divulgado é oriundo de operações de crédito entre duas agências bancárias que repassam recursos à prefeitura através do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (FMDU). As obras possuem o orçamento em R$ 64.382.984,90.

Com mais de 64 milhões, em 15 meses é algo que segundo Arthur, já fazia parte do plano de obras da prefeitura, mas que por razões maiores, como de acordo com ele, “Manaus estava quebrada”, teve que deixar o projeto um pouco de lado para esperar a hora certa, e pelo visto, o momento chegou e bem próximo do ano da eleição para prefeito, que coincidência não é mesmo?

Foto: Reprodução.

Redação por Portal Pontual.