Brasil Conteúdo & Informação Política no Brasil

Entrevista | “O Brasil não pode ser um país do mundo gay, de turismo gay. Temos famílias”, diz Bolsonaro

Manaus | 26 de Abril de 2019 (Sexta-feira)


O presidente Jair Bolsonaro, ao tomar café com jornalistas, alegou que o país não pode ser o destino de um “turismo gay”, o assunto foi comentado devido ao Museu Americano de História Natural de Nova York ter voltado atrás e cancelado um evento em sua homenagem.

“Eu recebo (a homenagem) na praia, numa praça pública. Não é o museu que está me homenageando. O que houve foi pressão do governo local que é Democrata e eu sou aliado do (presidente dos EUA) Donaldo Trump”, disse.

Bolsonaro declarou que no ano de 2009, ele “tomou pancada do mundo todo”, devido a sua crítica ao então na época “kit gay”, um projeto do Escola sem Homofobia, destinado a formação de educadores que nunca chegou a ser colocado em prática.

“Eu comecei a assumir essa pauta conservadora. Essa imagem de homofóbico ficou lá fora”, informou o presidente garantindo que isso não interfere nos investimentos.

“O Brasil não pode ser um país do mundo gay, de turismo gay. Temos famílias”, declarou Bolsonaro, afirmando que o mesmo não é “misógino, homofóbico, racista ou fascista” mas sim, “verdadeiro”.

“Quem quiser vir aqui fazer sexo com mulher, fique à vontade. Agora não pode ficar conhecido como paraíso do mundo gay aqui dentro”, completou, de acordo com a revista Crusoé.

Foto: Reprodução.

Fonte: Com informações do Estadão Conteúdo.

Redação por Portal Pontual.