Brasil Conteúdo & Informação Policial

Tragédia | Após tirar a vida da ex-namorada, homem invade igreja e mata mais três pessoas, em Minas Gerais

Manaus | 22 de Maio de 2019 (Quarta-feira)


Na noite da última terça-feira(21), um homem que ainda não teve a identidade revelada, tirou a vida de sua ex-namorada, e logo em seguida entrou na igreja Batista Shalon e matou outras três pessoas com uma arma. O nome das vítimas foram preservados.

O caso aconteceu em Paracatu, em Minas Gerais, de acordo com informações da Polícia Militar, o homem esfaqueou a ex-namorada que morreu na hora, logo após foi a igreja onde realizou os disparos contra os fiéis.

“O rapaz foi à casa da mãe dele, onde também estavam a irmã dele e uma ex-namorada. Ele entrou, desferiu um golpe de faca no pescoço da ex-namorada, que veio a óbito. Saiu dali e foi em direção de uma igreja batista, onde se realizava uma reunião fechada com cerca de 20 pessoas. Ele entrou com uma garrucha calibre 0.36 e disparou atingindo a cabeça de um senhor”, disse o porta-voz da PM, major Santiago.

Além disso, o desfecho poderia ter sido pior, pois no horário em que o homem invadiu a igreja estava sendo realizado um culto com a presença de 20 pessoas, podendo ser uma chacina. Por sorte, policiais que estavam próximos do local foram prontamente impedir o homem, atirando contra ele.

O rapaz foi encaminhado ao hospital onde passou por uma operação. A Polícia Militar informou que, ao chegar na igreja, o atirador efetuou um disparo na cabeça de um homem. Em seguida, recarregou a arma e atirou atingindo a cabeça de uma mulher.

“Felizmente havia um patrulhamento da PM próximo que percebeu [o ocorrido]. Ele [o atirador] percebeu a presença dos policiais e tomou outra mulher como refém, mas no momento em que os policiais começaram a negociar, ele atirou na cabeça dela. A polícia revidou e acertou o criminoso, que não veio a óbito”, completou o porta-voz da PM.

O caso permanece sob investigação, no entanto, algumas testemunhas alegam que o homem possui problemas mentais e era membro da igreja.

Foto: Reprodução.

Fonte: Agência Brasil.

Redação por Ana Flávia Oliveira.