Policial & Dia a Dia

Política | “O Plano Dubai é uma pavulagem! Fica meu repúdio a essa ‘brincadeira’ que foi feita a todos nós do Amazonas”, diz Josué Neto sobre o anúncio feito pelo Governo Federal

Manaus | 04 de Julho de 2019 (Quinta-feira)


Na manhã desta quinta-feira (04) o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), deputado Josué Neto (PSD), durante plenária informou o seu repúdio sobre a confirmação de que não existe o chamado ‘Plano Dubai’ anunciado pelo Governo Federal para substituir o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), chamando de “pavulagem”, “brincadeira” e “desrespeito” com o Amazonas.

“Meus amigos até brincam comigo e me chamam de Netinho Dináh, porque costumo fazer premonições. No último dia 18 de junho, quando eu disse que se esse plano tivesse nascido em Parintins seria chamado de pavulagem”, declarou o presidente da Casa.

Ainda de acordo com Josué, o mesmo alegou não ter ficado surpreso com anúncio do secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, que garantiu que o “Plano Dubai” não existe.

“O Plano Dubai é uma pavulagem. Passou na cabeça de alguém e inventaram até o nome. Fica meu registro, meu repúdio a essa brincadeira que foi feita a todos nós do amazonas”, continuou.

“O Governo Federal não teve o trabalho de desmentir e ficamos tratando sobre o Plano Dubai, que não existe, que é uma pavulagem e uma falta de respeito com a ZFM. Agora pouco o presidente Bolsonaro esteve no encontro do G20 onde ele foi enquadrado pelo presidente da França (Emmanuel Macron) pra que defenda a Amazônia. Que bom que o Macron falou isso. Porque não há como defender a Amazônia que não seja fortalecendo a Zona Franca. Porque o Amazonas é o estado que mais preservou a Amazônia”, discursou em Tribuna.

Foto: Divulgação.

Fonte: Assessoria do Deputado.

Redação por Ana Flávia Oliveira.

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade