Amazonas Brasil Conteúdo & Informação Manaus Política no Brasil

Contradição | Capitão Alberto Neto tenta “escapar” mas acaba votando contra os benefícios para os policiais em Reforma da Previdência

Manaus | 05 de Julho de 2019 (Sexta-feira)


O deputado federal Capitão Alberto Neto (PRB-AM) acabou transmitindo uma imagem nada agradável para a categoria dos policiais militares, civis e bombeiros do Estado do Amazonas, devido a atitude feita durante a votação do relatório da reforma da Previdência.

Em resumo, a proposta inicial seria para que os trabalhadores da área de segurança pública pudessem ter suas aposentadorias fossem igualadas às das Forças Armadas.

A votação ocorre na última quinta-feira (04) e no momento exato que seriam determinadas regras mais convictas para a aposentadoria de trabalhadores da área de segurança pública. Foi quando o deputado simplesmente sumiu e passou a bola para o deputado Lafayette Andrada (PRB-MG), que para colocar “a cereja em cima do bolo” votou contra os trabalhadores da área de segurança.

A proposta acabou sendo recusada pela maioria dos deputados presentes na sessão de votação, inclusive com o voto contrario do deputado federal do Amazonas, Marcelo Ramos (PL-AM). Fazendo com que o policiais militares, civis e bombeiros do país tivessem seus benefícios “excluídos” na reforma da Previdência.

No entanto, para o deputado Marcelo Ramos, “Ficou definido apenas que uma lei federal vai definir as regras gerais, e uma estadual as específicas. Não mudou absolutamente nada para eles.”

Foto: Reprodução.

Redação por Portal Pontual.