Conteúdo & Informação

Inclusão | Projeto da primeira escola bilíngue de Libras da região Norte é apresentada pela Seduc-AM, Saiba mais

Manaus | 1º de Agosto de 2019 (Quinta-feira)


Na última quarta-feira (31), a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) apresentou o projeto que proporciona uma nova estrutura na Escola Estadual Augusto dos Santos Carneiro que também passará a ser a primeira bilíngue de Língua Brasileira de Sinais (Libras) do Amazonas.

O projeto foi anunciado durante uma Audiência Pública no auditório do Centro de Ensino em Tempo Integral (Ceti) Áurea Braga, com a participação do Ministério Público do Estado (MPE-AM) e a presença de representantes da comunidade surda do Amazonas.

Também participaram o assessor técnico em Acessibilidade da Secretaria de Estado da Pessoa com Deficiência (Seped), Mario Célio, da procuradora Neusa Angeluci, do presidente da Associação de Surdos do Amazonas, Marcelo Pereira, da equipe da Gerência de Educação Especial da Seduc-AM, além de alunos e professores da Escola Estadual Augusto Carneiro.

“É uma luta que enfrentamos há três anos junto da comunidade surda. Recebemos estudantes de todos os bairros da cidade e até de Iranduba, portanto a localização central que tínhamos é algo importante. No ambiente em que fomos realocados, além da distância, os alunos têm que dividir salas, o que prejudica a aprendizagem. Agora finalmente isso vai mudar”, comentou a gestora Haydeé dos Santos Carneiro.

A escola foi desapropriada no ano de 2016 devido a problemas estruturais e os alunos foram realocados em um anexo da Escola Estadual Diofanto Vieira Monteiro, na Manaus Moderna, durante o período em que seria feita manutenção na escola. Anteriormente a proposta de entrega da escola estava em seis meses, porém a reforma nunca teve sequer início.

“Assim que soubemos da situação dos alunos e professores, iniciamos o processo para viabilizar o planejamento de uma nova escola. E esse evento de hoje foi pensado para apresentar essa proposta a vocês e dialogarmos sobre como podemos construir uma escola verdadeiramente inclusiva”, comentou o secretário de Estado de Educação, Luiz Castro.

Foto: Cleudilon Passarinho/ Seduc-AM

Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Redação por Ana Flávia Oliveira.

Add Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade