Policial & Dia a Dia

Ministro Luiz Fux troca de faixa no Jiu Jitsu em evento em Manaus

Manaus | 18/10/2019

Por Eric Barbosa

Fotos: Joel Arthus

Manaus | O novo cidadão do Amazonas, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, além de receber a honraria oferecida pelo presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Josué Neto, na manhã desta sexta-feira (18), também leva na bagagem sua nova graduação no Jiu Jitsu. Em um evento que reuniu atletas da arte suave no final da tarde, Luiz Fux, recebeu das mãos do mestre Osvaldo Alves, a faixa vermelha.

A troca da faixa vermelha e preta (coral), pela vermelha e branca, simboliza o 8° grau e acontece após 7 anos de permanência na faixa coral.

“Esse é o evento do coração do ministro, do esporte da sua vida. Quando ele soube que teria compromissos profissionais aqui, ele logo perguntou onde o mestre Osvaldo estaria nessa estória. Então resolvemos que faríamos a sua graduação, já que, ele aguardava por isso há uns meses”, comentou Josué Neto.

Vestindo a nova faixa, Luiz Fux ressaltou a honra de vivenciar o Jiu Jitsu e explicou como a arte o ajuda a desenvolver seu trabalho. “O jiu jitsu me ensinou a cuidar da saúde, formar uma família, respeitar os homens em geral, ter disciplina. A ter ética e valentia, que valem até hoje para o exercício da minha profissão. Estou há mais de 40 anos repassando os valores que o mestre Osvaldo Alves me ensinou”, falou Luiz Fux.

Luiz Fux seguiu uma agenda intensa durante sua passagem por Manaus. Além da Sessão Especial onde recebeu o Título de Cidadão do Amazonas, o ministro e futuro presidente do STF participou do 2° Simpósio Internacional sobre Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas (Sigam), realizado pelo Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE), no Centro de Convenções Vasco Vasques.

 

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade