Policial & Dia a Dia

Justiça | Joice Hasselmann é acusada de plágio por cineasta

Manaus | 8 de Novembro de 2019 (Sexta-feira)

A deputada federal Joice Hasselmann (SPL-SP) foi acusada pelo cineasta Sergio Mastrocola, por plágio, referente ao vídeo feito para a campanha de Geraldo Alckmin. Na ocasião, Joice usou as mesmas imagens da peça original do cineasta e só alterou a frase “não é na bala que se resolve” por “não se combate violência com flores”.

O autor da obra pede uma indenização de 46 mil reais, e garante que “Independentemente da criação do roteiro” foi ele quem realizou as filmagens, “ela usou meu trabalho sem o meu consentimento, além de tê-lo modificado”.

Na filmagem, além da frase de impacto, uma rosa atravessa e quebra rótulos de “criminalidade”, “falta de segurança” e “violência”.

Mastrocola teria afirmado que passou meses buscando formas de retirar a montagem feita pela deputada do ar, mas não obteve sucesso, sendo necessário entrar com um processo.

“Não haverá acordo, pois a ideia veio de uma campanha, se não me engano, inglesa”, respondeu Gustavo Guedes, advogado da deputada.

A juíza Regina de Oliveira Marques, da 5ª Vara Cível de Santo Amaro, determinou no dia 31 de outubro, uma audiência de conciliação porém a data não foi divulgada.

Foto: Reprodução.

Fonte: Fórum.

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade