Famosos & Entretenimento

Famosos | ‘Salve-se Quem Puder’: Flávia Alessandra mostra visual joãozinho para personagem

Manaus | 9 de Novembro de 2019 (Sábado)

A atriz Flávia Alessandra, 45, adotou um corte ao estilo joãozinho para dar vida a Helena, sua nova personagem em “Salve-se Quem Puder”, trama que vai substituir “Bom Sucesso” em janeiro de 2020, na faixa das sete da Globo.

Segundo o cabeleireiro Marcos Proença, responsável pelo visual, o corte é bem curto na nuca e três dedos acima vai, gradativamente, ganhando volume. No topo da cabeça, os fios são longos, garantindo movimento na franja. Já no contorno da orelha, o cabelo se mantém curtinho.

O profissional fez um vídeo no IGTV do Instagram para explicar a mudança, já que contou que estava recebendo muitos pedidos de pessoas querendo saber mais sobre o corte. A atriz também fez luzes em todo o cabelo.

“A Helena é uma empresária bem-sucedida, resolvida, então já se tinha essa ideia de um cabelo mais moderno e prático”, explicou Flávia Alessandra ao F5. A atriz afirma que gostou da mudança, embora o corte tenha sido feito especificamente para atender à descrição da protagonista.

“O corte é para ela [Helena]. Sou uma pessoa que gosta de mudar, como boa geminiana, mas acima de tudo está o fato de se combina ou não com a personagem”, disse. “Não tem nem 24 horas que estou com ele, então ainda estou me adaptando. Em 30 anos de Globo e muitos cabelos, esse é um que eu nunca tive em personagens e isso empolgou. Que venha Helena!”, completou.

De autoria de Daniel Ortiz, “Salve-se Quem Puder” é inspirada no universo dos musicais e terá quatro mulheres protagonistas. Uma delas é Helena, personagem de Flávia Alessandra, que será mãe de Luna (Juliana Paixa). As outras duas mocinhas são Alexia (Deborah Secco) e Kyra (Vitória Strada).

Foto: Reprodução/Redes sociais.

Fonte: FOLHAPRESS.

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade