Policial & Dia a Dia

Policial | Ginecologista é processado por filmar pacientes e publicar os vídeos em sites pornôs

Manaus | 3 de Dezembro de 2019 (Terça-feira)

No último final de semana, um médico ginecologista identificado como Vyacheslav Tripolko, foi preso após filmar e divulgar vídeos das pacientes em sites pornográficos. Os vídeos se tratavam de exames que o médico realizava nas mulheres.

O caso aconteceu na cidade de Odessa, na Ucrânia.

De acordo com informações do jornal britânico Daily Mail, o médico foi preso e levado para uma delegacia da cidade, onde passou por uma interrogação.

O caso só foi descoberto após uma das pacientes encontrar o vídeo e se identificar, depois de várias denúncias de mulheres vítimas da exposição dos exames nos sites pornográficos, as autoridades foram até o consultório e encontraram a câmera escondida exatamente no local onde os vídeos eram registrados.

Mesmo não sendo preso, o médico foi demitido da clínica em que trabalhava e teve a sua licença cassada.

Agora, ele responderá um processo pelo crime de produção e distribuição de conteúdo pornográfico, que pode render até sete anos de prisão.

Em sua defesa, Tripolko alegou que a instalação das câmeras pode ter ocorrido durante uma reforma no local, que aconteceu no último mês de julho, quando um novo sistema de alarmes foi colocado. Porém, há vídeos que foram registrados antes desta data, o que inviabiliza essa opção.

Foto: Reprodução.

Fonte: IG – Último Segundo.

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade