Famosos & Entretenimento

Hollywood| Produtor é acusado de estupro por atrizes e modelos.

Manaus, 13 de janeiro de 2020.

O produtor de Hollywood Harvey Weinsten é acusado de estuprar três atrizes, entre ela a atriz italiana Asia Argento. Todo o depoimento foi feito a revista “New Yorker” na terça-feira (10),  também foi divulgada uma gravação da polícia, onde o produtor  tentava convencer uma modelo a entrar no seu quarto de hotel, a qual o acusa de abuso.

As acusações até o momento incluem sexo oral forçado e indesejado além de relação sexual sem consentimento.

Através de uma declaração de sua porta-voz, Sallie Hofmeister, o produtor nega todas as acusações.  “Qualquer alegação de sexo não consensual são negadas inequivocadamente pelo senhor Weisten.”

Todas essas novas declarações o acusando só agravam todo o escândalo envolvendo Weinsten, que já tinha várias denúncias que levaram à sua demissão da The Weinstein Company, na época se limitavam a assédios.

Um colunista da “New Yorker” Ronan Farrow, passou 10 meses entrevistando mulheres que alegaram terem sido assediadas os estuprados pelo produtor.

A atriz Argento, de 42 anos, filha do cineasta Dario Argento, afirmou que Weinstein a forçou a fazer sexo oral nele há 20 anos. Ela contou à revista que a razão de ter ficado em silêncio foi por medo de Harvey.

Lucia Evans, uma aspirante a atriz, contou ter conhecido Weinstein no escritório da Miramax em Nova York em 2004 e que ele a forçou a fazer sexo oral nele.

“Eu tentei me desvencilhar, mas talvez não com força suficiente. Não queria lutar”, relatou.

Outra mulher, que pediu para não ser identificada, afirmou à revista que Weinstein a coagiu em um hotel. Ela relata o “horror, descrença e vergonha” que sentiu e diz ter pensado em ir à polícia, mas acabou desistindo por acreditar que seria sua palavra contra a dele.

A modelo Ambra Battilana Gutierrez, em 2015 acusou Weinsten de ter agarrado seus seios e tentado colocar a mão dentro da sua saia. Ela o denunciou a polícia de Nova York, que pediu que ela marcasse um novo encontro com ele, só que dessa vez ela estaria usando uma escuta para coletar provas, como uma confissão.

Na gravação que foi divulgada, o produtor ao ser questionado por que havia feito aquilo contra ela no dia anterior, ele afirma que “Está acostumado a fazer aquilo”.

Depois desse momento, a modelo diz ter ficado impressionada com o poder de Harvey Weinsten, pois após a denúncia ele contratou uma equipe para investigar a vida de Battilana. Não demorou muito para vários portais de noticias de Nova York afirmarem que Ambra era chantagista e prostituta. Colocando a vítima em situação de acusada, além de desacreditada.

Fonte:G1.

Fotos: Metrópoles| AFP Photo/Valery Hache.

Redação por Débora Almeida.

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade