sexta-feira, julho 19, 2024
HomeAmazonasPacientes com olfato e paladar afetados pela Covid-19 são alvos de pesquisa

Pacientes com olfato e paladar afetados pela Covid-19 são alvos de pesquisa

Publicado em

Artigo Relacionado

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Uma pesquisa, com apoio do Governo do Amazonas por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), feita em Manaus demonstrou que pacientes que tiveram sintomas leves da Covid-19 e de outras doenças gripais, apresentaram persistência de sintomas inflamatórios comprometendo o olfato e o paladar.

Para o início do projeto, conduzido na Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), foram recrutados 205 pacientes e 185 concluíram a etapa de teste do estudo. O resultado detectou que 81,8% apresentaram sintomas de anosmia, caracterizada pela perda temporária total ou parcial do olfato.

Já 64,3% de todas as pessoas que integraram a pesquisa confirmaram a infecção por SARS-CoV-2, vírus causador da Covid-19.

Os dados coletados fornecem informações necessárias para auxiliar no tratamento de pacientes acometidos pelo vírus.

Segundo o coordenador do projeto, Diego de Carvalho, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), os resultados da pesquisa contribuem para a compreensão dos sintomas nasais, incluindo a disfunção olfatória, causados pela Covid-19.

Além dos problemas do olfato, 49 pacientes relataram problemas com o paladar, chamada de hipogeusia, caracterizada pela impossibilidade de sentir o gosto de comidas e outros sabores, como doces e salgados.

Também foi comprovado que em pacientes com sintomas leves da doença,  a qualidade do sono é afetada e sinais de ansiedade são notados.

 

Desenvolvimento do projeto

Todos os pacientes analisados estavam fora do período de transmissão de doenças respiratórias, são maiores de 18 anos e se queixavam da disfunção olfativa. A coleta de dados foi feita através de um questionário seguido de avaliações médicas olfativas que o Serviço de Otorrinolaringologia, do Hospital Adriano Jorge, realizou.

Para detectar  o compromentimento do olfato, foram realizadas coletas da mucosa nasal e testes com quatro tipos de aromas, entre eles café solúvel, menta e canela.

O reconhecimento de dois aromas foi considerado normal. Já a identificação de apenas um aroma, detectava diminuição da capacidade olfativa. Caso nenhum aroma fosse reconhecido, o paciente era diagnosticado com anosmia.

 

Pesquisadores

A equipe é composta por 30 pesquisadores entre eles otorrinolaringologistas, neurologistas, infectologistas, estatísticos e patologistas.

Os participantes do projeto são vinculados a UEA, FHAJ, Fundação Centro de Controle de Oncologia (Fcecon), ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e a Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FHT-HVD).

A fase da coleta já foi concluída e o projeto finaliza ainda no ano de 2023.

 

Texto: da redação. 

Fotos: Érico Xavier/Decon-Fapeam.

Ilustração: Neto Ribeiro/ Portal Pontual. 

 

 

Últimos Artigos

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...