quinta-feira, junho 20, 2024
HomeAmazonasDados do Inpe apontam origem da fumaça em Manaus

Dados do Inpe apontam origem da fumaça em Manaus

Publicado em

Artigo Relacionado

Inpa compõe Rede Amazônica de instituições científicas para desenvolver bioeconomia na região

Oito institutos científicos da Pan-Amazônia do Brasil, Colômbia, Peru, Bolívia e Equador unem esforços...

Nessa última semana, a fumaça voltou a encobrir a cidade de Manaus. De acordo com os dados do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e pela Prefeitura de Manaus, via Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), a fumaça tem origem dos municípios da capital amazonense.

De acordo com os dados, nos últimos dias foram registrados 504 focos de queimadas, sendo que o município de Autazes registrou 105, o que representa 20,8% do total registrado no Amazonas.

Além disso, no municípios de Careiro, Careiro da Várzea, Itacoatiara  e Manacapuru também foram encontrados focos de queimadas, registrados respectivamente, 50 focos, 26 focos, 24 focos e 18 focos.

Nesse mesmo período, em Manaus,  foram registrados três focos de queimadas, todos na zona rural, sendo dois nas proximidades da BR-174, e o terceiro foi registrado nas proximidades da comunidade Nossa Senhora de Nazaré, no rio Amazonas.

Com isso, de 1º a 10 de outubro, a Semmas recebeu 14 denúncias de queimadas dentro a área urbana de Manaus. A secretaria passou todos os registros para os órgãos de Segurança Pública do Estado com o objetivo de identificar os autores.

O Portal Pontual reforça que para denúncias de queimadas, a população pode contribuir entrando em contato pelo WhatsApp (92) 98842-2161 ou no e-mail: defis.semmas@gmail.com.

 

Texto: da redação, com informações da Prefeitura de Manaus. 

Fotos: divulgação. 

Últimos Artigos

Inpa compõe Rede Amazônica de instituições científicas para desenvolver bioeconomia na região

Oito institutos científicos da Pan-Amazônia do Brasil, Colômbia, Peru, Bolívia e Equador unem esforços...

Estudo da FVS-RCP aborda sobre a tendência da Leishmaniose Tegumentar

Integrando as ações de pesquisa em vigilância em saúde no Amazonas, a Fundação de...

Estudo estima a efetividade do método Wolbachia no Brasil

Em maio de 2024, o Brasil bateu um recorde negativo. Foram 5 milhões de...

Galeria do largo recebe exposição ‘Portrait, entre o real e o abstrato’, nesta quarta

O Centro de Artes Visuais Galeria do Largo apresenta nesta quarta-feira (12/06), a partir...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Inpa compõe Rede Amazônica de instituições científicas para desenvolver bioeconomia na região

Oito institutos científicos da Pan-Amazônia do Brasil, Colômbia, Peru, Bolívia e Equador unem esforços...

Estudo da FVS-RCP aborda sobre a tendência da Leishmaniose Tegumentar

Integrando as ações de pesquisa em vigilância em saúde no Amazonas, a Fundação de...

Estudo estima a efetividade do método Wolbachia no Brasil

Em maio de 2024, o Brasil bateu um recorde negativo. Foram 5 milhões de...