quinta-feira, abril 18, 2024
HomeAmazonasInpa e CMA discutem sobre cooperação em pesquisas na Amazônia

Inpa e CMA discutem sobre cooperação em pesquisas na Amazônia

Publicado em

Artigo Relacionado

Projeto Biblioteca Comunitária é realizado em Itacoatiara

Com o objetivo de levar cultura e aprendizado para a comunidade, o Centro de...

O diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), o professor Henrique Pereira, visitou na quinta-feira (14) o Comando Militar da Amazônia (CMA) para fortalecer parcerias e iniciar tratativas para estabelecer um acordo de cooperação técnico-científica entre as instituições.

Em reunião com comandante do CMA, o general Costa Neves, foi discutida uma nova iniciativa de colaboração do Exército, desta vez para a realização de pesquisas nas áreas ciências naturais e humanas, na região do Alto Rio Negro, tríplice fronteira do Brasil, Venezuela e Colômbia.

A relação do Inpa com o CMA já é antiga, a reaproximação se deu pelo Instituto Meira Mattos (IMM), da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército  (Iceme),  sediado no Rio de Janeiro, que atua na pós-graduação e demonstrou interesse numa aproximação institucional com o Inpa. O foco imediato é a submissão de proposta para a Iniciativa Amazônia +10, que está com chamada aberta para financiar Expedições Científicas para áreas pouco conhecidas da Floresta Amazônica.

Reuniao INPA e CMA_Foto Divulgação CMA.jpg

Na ocasião, também foi discutida a possibilidade de envolvimento de estudantes da pós-graduação em cursos de guerra na selva. A Direção reiterou o interesse do Inpa, um dos mais importantes centros de pesquisas da Amazônia, em continuar recebendo a visita de alunos-oficiais do Curso Superior de Defesa da Escola Superior de Guerra (ESG), quando realizam a viagem de estudos à região.

Além do diretor do Inpa, participaram da reunião o chefe de Gabinete, o pesquisador Jorge Porto, o líder do Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais (PDBFF), o pesquisador Alberto Vicentini, e o curador da Coleção de Aves, o pesquisador Mário Cohn-Haft, que liderou a Expedição Serra da Mocidade, em Roraima, realizada em 2016, e cooperação com a Grifa Filmes, o Exército e outras organizações.

A colaboração para essa expedição resultou na descoberta de cerca de uma centena de novas espécies de animais e plantas da biodiversidade amazônica e um longa-metragem: “Novas Espécies – A expedição do século”. Lançado em 2019, o documentário está disponível no catálogo da Globo Filmes e registrou 25 dias de 50 pesquisadores experientes, especializados em plantas, aves, mamíferos, répteis e anfíbios, peixes, insetos e em geologia, além de mais 20 profissionais de apoio.

Para acessar e explorar o maciço de montanhas  com quase 2 mil metros de altitude e  clima frio, a equipe da expedição contou com o apoio de helicópteros do CMA. A área é extremamente remota  e abriga espécies únicas. As amostras coletadas ainda são estudadas, por serem de uma das áreas de pouca densidade amostral, contribuindo para preencher lacunas do conhecimento da biodiversidade amazônica.

 

Da redação para Portal Pontual, com informações do INPA. 

Imagens: divulgação.  

 

Últimos Artigos

Projeto Biblioteca Comunitária é realizado em Itacoatiara

Com o objetivo de levar cultura e aprendizado para a comunidade, o Centro de...

Final do BBB 24: Em Parintins, Governo do Amazonas realiza últimos preparativos para a ‘Festa da Cunhã’ na praça da Catedral

Em Parintins, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura...

FVS-RCP e CMA se unem para ação de cidadania

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas - Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP),...

Atriz formada pela UEA está em filme que concorre à Palma de Ouro em Cannes

A atriz amazonense Isabela Catão, bacharel em Teatro pela Universidade do Estado do Amazonas...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Projeto Biblioteca Comunitária é realizado em Itacoatiara

Com o objetivo de levar cultura e aprendizado para a comunidade, o Centro de...

Final do BBB 24: Em Parintins, Governo do Amazonas realiza últimos preparativos para a ‘Festa da Cunhã’ na praça da Catedral

Em Parintins, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura...

FVS-RCP e CMA se unem para ação de cidadania

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas - Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP),...