Análises & Estudos Brasil Conteúdo & Informação Gastronomia Mundo Pesquisa & Publicações

Saúde | Vai encarar? Cientistas afirmam que comer insetos pode prevenir câncer, Saiba mais

Manaus | 16 de Julho de 2019 (Terça-feira)


Segundo uma pesquisa realizada por estudiosos da University of Rome (Itália) e publicada pela revista ‘Frontiers in Nutrition’, foi constatado que alguns insetos como formigas, gafanhotos, larvas possuem mais antioxidantes do que o suco de laranja!

Devido a isso, eles reduzem o desenvolvimento de radicais livres potencialmente perigosos no corpo, protegendo contra danos no DNA.

“No futuro, poderemos também adaptar os regimes alimentares para a criação de insetos, a fim de aumentar seu conteúdo antioxidante para consumo animal ou humano”, informou o cientista Mauro Serafini.

Vários insetos mortos foram utilizados para o estudo, e os cientistas analisaram com um pó para descobrir quantos antioxidantes (compostos como as vitaminas A, C e E e beta-caroteno) estavam neles. Apenas as partes solúveis dos insetos foram usadas, suas asas e ferrões foram retirados primeiro.

Resultados

Durante o estudo foi constatado que as larvas, lagartas africanas e cigarras gigantes tinham o dobro de antioxidantes que o azeite de oliva. Já o grilo e gafanhoto tinham cinco vezes mais antioxidantes que o suco de laranja.

“Os insetos comestíveis são uma excelente fonte de proteína, ácidos graxos poliinsaturados, minerais, vitaminas e fibras”, disse o cientista, de acordo com o Daily Mail.

De acordo com Serafini, quase um quarto das pessoas no mundo já comem insetos, “O resto de nós precisará de um pouco mais de incentivo”, brincou.

Foto: Reprodução/ Internet.

Fonte: Women’s Health.

Redação por Portal Pontual.