quinta-feira, fevereiro 22, 2024
HomeSem categoriaMorando em Nova York, Sasha Meneghel conta que lava louça e arruma...

Morando em Nova York, Sasha Meneghel conta que lava louça e arruma a própria cama

Publicado em

spot_img

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Muita coisa mudou no cotidiano de Sasha Meneghel desde que ela se mudou para Nova York, onde estuda moda. Além de precisar se adaptar ao ritmo frenético da cidade, “um negócio de doido”, ela passou a lavar a louça e arrumar a própria cama.

Em entrevista ao canal de Lilian Pacce no Youtube, a filha de Xuxa respondeu sem titubear que faz as tarefas domésticas no apartamento que divide com uma amiga.

O primeiro mês longe de casa foi “angustiante” e a jovem tem sentido falta das pessoas que faziam parte de sua convivência. “É bem diferente de tudo com o que estou acostumada. Cresci com a minha mãe, perto de toda a minha família, dos amigos. Estudei na mesma escola desde os três anos de idade.”

 A liberdade de circular pelas ruas sem ser reconhecida e a segurança pública são as coisas de que ela mais gosta no país. “Não ter que se preocupar com a violência dá uma calma… Mas Nova York é tudo menos isso, né? Aquela cidade é caótica, você nunca para.”

Sasha também mostrou suas três tatuagens e contou que Xuxa “insistiu” para que ela fizesse a primeira logo aos 13 anos. São três desenhos espalhados pelo corpo: nas costas, uma cruz. No antebraço, o símbolo do signo de leão —”sou muito leonina”— e na panturrilha uma seta que fez em conjunto com a melhor amiga.

Últimos Artigos

Em Japurá no Amazonas, garimpo ilegal e lixão ameaçam o meio ambiente, afirma Joel Araújo

Na sua avaliação a alta renda per capta do município, advinda em grande parte...

Governo do Am apoia manutenção de equipamentos laboratoriais para continuidade nas pesquisas

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado...

Em nova publicação, Joel Araújo expõe situação do lixão à céu aberto da cidade de Autazes no Amazonas

"Me impressiona que ainda hajam pessoas catando lixo no lixão à céu aberto de...

UEA firma acordo com Instituto Butantã

A reunião institucional entre a UEA e o Instituto Butantã ocorreu na quinta-feira (9/2),...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Em Japurá no Amazonas, garimpo ilegal e lixão ameaçam o meio ambiente, afirma Joel Araújo

Na sua avaliação a alta renda per capta do município, advinda em grande parte...

Governo do Am apoia manutenção de equipamentos laboratoriais para continuidade nas pesquisas

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado...

Em nova publicação, Joel Araújo expõe situação do lixão à céu aberto da cidade de Autazes no Amazonas

"Me impressiona que ainda hajam pessoas catando lixo no lixão à céu aberto de...