quarta-feira, fevereiro 28, 2024
HomeSem categoriaPontual mede confiança do manauara em Omar e Braga para 2018

Pontual mede confiança do manauara em Omar e Braga para 2018

Publicado em

spot_img

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus | AM

Pesquisa da Pontual mede confiabilidade do manauara em Omar e Braga para 2018.

Análise – Eric Barbosa

No próximo ano a população deverá escolher novos representantes para Deputado, Senador, Governador e Presidente. O eleitor e volátil na sua preferência, isto significa que sua opção de voto hoje não é a mesma amanhã. Porém, as pesquisas são fundamentais para a tomada de decisão nas articulações políticas.
Nos dias 16 e 17 deste mês, a Pontual Pesquisas entrevistou 1066 pessoas nas 06 zonas da cidade de Manaus com objetivo de mensurar a confiança do eleitor manauara quanto as duas maiores lideranças do Amazonas, Eduardo Braga e Omar Aziz.
Eduardo Braga e Omar Aziz articulam suas movimentações para possíveis candidaturas. Neste contexto, incertezas permeiam a viabilidade de seus projetos político. Investigações, conformação de grupo é alianças partidárias tomam fôlego, porém, esbarram no ponto crucial. A confiança do eleitor!
De acordo com estudo, 64,6℅ dos eleitores manauaras confiariam seu voto em Braga e Omar para governador do Amazonas em 2018. Isto reflete acima de 50% dos entrevistados em Manaus, apontando ainda 32,9℅ não confiariam em ambos.
Eduardo Braga e Omar Aziz mostram envergadura política com este índice. Nos bastidores do poder se pergunta, se além de Braga e Omar, quem teria poder e disposição a disputar o cargo de governador em 2018.
Além de Braga e Omar, falta renovação, nomes a serem testados, alguns dos possíveis, não tem grupo ou conseguem congregar viabilidade financeira para encabeçar um projeto político.
Artur e Ramos disputaram 2° turno para Prefeitura de Manaus, Artur para governo? E cedo dizer quais são os planos do tucano para 2018.
Marcelo Ramos, não tem os votos que obteve com grupo que apoiou sua candidatura, viabilidade financeira para liderar o projeto não tem. Quem teria coragem de apostar cifras em Marcelo de novo?, Difícil.
Diante disto, é possível apenas fazer conjecturas. O jogo está se formando, as articulações de lideranças iniciaram, e as peças já estão em movimento. Comando da associação dos municípios, já denota uma forte articulação de José Melo neste jogo, prefeitos calculam bem suas necessidades, ou seja, governar com 4 mãos, afinal o governador e uma aliado indispensável em tempos de economia difícil.
Braga e articulador, tem votos, adversário de peso. Se vier para disputar o governo, vem apostando todas as suas fichas. Omar tem votos, vem de governo bem avaliado, tem opção do Senado, irá avaliar bem para tomar uma decisão.
Portanto, vamos monitorando e entendendo o comportamento dos dados. Logo, o quadro será formado, porém, não se espante se adversários em 2016, se transformarem em aliados, pois conversas improváveis já aconteceram em Brasília.

Veja pesquisa:

Screenshot_20170320-181237

 

 

 

 

Screenshot_20170320-181319~2

 

 

 

 

 

Screenshot_20170320-181324~2

 

 

 

 

 

Screenshot_20170320-181349~2
Eric Barbosa

Últimos Artigos

Egressa da UEA conquista residência no hospital Sírio- Libanês

A egressa do curso de Enfermagem da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Amanda...

Capoeiristas se reúnem para promover e definir o Plano de Salvaguarda de Capoeira no estado

A construção do plano de salvaguarda da capoeira no Amazonas é a proposta do...

Google anuncia abertura de centro de engenharia no Brasil

O Google, o Governo de São Paulo e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT),...

Ibama e UEA alinham acordo para desenvolvimento de projetos

Em reunião realizada no último dia 16 de fevereiro, a Universidade do Estado do...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Egressa da UEA conquista residência no hospital Sírio- Libanês

A egressa do curso de Enfermagem da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Amanda...

Capoeiristas se reúnem para promover e definir o Plano de Salvaguarda de Capoeira no estado

A construção do plano de salvaguarda da capoeira no Amazonas é a proposta do...

Google anuncia abertura de centro de engenharia no Brasil

O Google, o Governo de São Paulo e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT),...