sábado, março 2, 2024
HomeSem categoriaPolítica | Ministério Público do Amazonas está investigando exoneração de servidores por...

Política | Ministério Público do Amazonas está investigando exoneração de servidores por não apoiar campanha de Rebecca Garcia a pedido de David Almeida

Publicado em

spot_img

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus | 28/07/17 – Sexta Feira

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) começou a ouvir, nesta quinta-feira (27), os servidores dispensados e exonerados da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab) a partir de junho. A denúncia foi protocolada por 20 pessoas que foram demitidos a partir de Junho deste ano. Uma das alegações apontam que o motivo seria não ter aceitado apoiar a campanha de Rebecca Garcia. Ainda, sobre a denúncia, após a exoneração destes servidores, foram contratadas pessoas ligadas a Igreja do qual frequenta o governador interino David Almeida.

“Até adolescentes assumiram cargos de confiança, a Suhab tá praticamente parada hoje. Falavam que precisavam dos nossos cargos para outras pessoas mais técnicas, sendo que quem entrou mal tem ensino superior, são pessoas ligadas ao Governo, pertencem à igreja do Governador”, disse o ex-funcionário, que não se identificou por temer represálias.

Na denúncia, esta sendo investigado também possíveis casos de nepotismo. A Promotora de Justiça Wandete de Oliveira Netto, que responde pela 78ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção ao Patrimônio Público por acumulação, iniciou a instrução dos denunciantes na manhã desta quinta feira.

“Esse é o primeiro passo para instruir o procedimento. A ideia é ouvir essas pessoas para colhermos provas, queremos ter acesso a documentos e a fatos que ocorreram. Vamos instruir da forma mais célere possível, até porque tem a questão eleitoral, os impedimentos, as vedações, não se pode exonerar e contratar dentro do período vedado por lei”, afirma a Promotora.

Redação

Últimos Artigos

Artista parintinense concorre a prêmio nacional em exposição virtual

A artista visual parintinense Dayane Cruz foi uma das selecionadas para participar da exposição...

Egressa da UEA conquista residência no hospital Sírio- Libanês

A egressa do curso de Enfermagem da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Amanda...

Capoeiristas se reúnem para promover e definir o Plano de Salvaguarda de Capoeira no estado

A construção do plano de salvaguarda da capoeira no Amazonas é a proposta do...

Google anuncia abertura de centro de engenharia no Brasil

O Google, o Governo de São Paulo e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT),...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Artista parintinense concorre a prêmio nacional em exposição virtual

A artista visual parintinense Dayane Cruz foi uma das selecionadas para participar da exposição...

Egressa da UEA conquista residência no hospital Sírio- Libanês

A egressa do curso de Enfermagem da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Amanda...

Capoeiristas se reúnem para promover e definir o Plano de Salvaguarda de Capoeira no estado

A construção do plano de salvaguarda da capoeira no Amazonas é a proposta do...