sábado, maio 25, 2024
HomeSem categoriaEsportes | Marcelo Bertulocci: Graduação realizada por Mestre Osvaldo Alves, causa polêmica...

Esportes | Marcelo Bertulocci: Graduação realizada por Mestre Osvaldo Alves, causa polêmica entre atletas de Jiu Jitsu no Amazonas

Publicado em

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Esportes | Terça Feira (28/08/2017)

Modalidade no Amazonas

O jiu jitsu é considerado uma das modalidades de lutas mais praticada no Amazonas. Mundialmente o estado e conhecido como celeiro de campeões, tanto no Brasil como no Mundo. Vários atletas foram destaques em campeonatos nacionais e internacionais, conferindo o status de ”guerreiros casca grossas” expressão usada por mestres e atletas. É comum o reconhecimento da dureza dos atletas no Amazonas. ”Se for lutar contra um amazonense, já sabe que a parada e dura”.

1044801_10151976397033998_2129696411_n

Entre centenas de campeões, Ronaldo Jacaré se destacou como imbatível durante anos de competição, um atleta que vencia categorias e absolutos, contra lutadores da família Gracie e outros. Assim, como Jacaré, centenas de atletas se destacaram e hoje vivem espalhados pelo mundo ensinado e competindo, seja no jiu jitsu ou no MMA (Mixed Martis Arts).

Em campeonatos estaduais, cerca de 5 mil atletas se inscrevem para disputar as primeiras colocações em suas respectivas categorias. Além do destaque na formação dos atletas, em Manaus existe centenas de projetos sociais, com objetivo de resgatar crianças em vulnerabilidade social através do esporte. A maioria desses projetos não recebem ajuda da Prefeitura ou do Governo, para o trabalho social realizado por mestres e professores que doam tempo e dedicação na formação desses atletas.

Polêmica

Nesta última semana, as redes sociais registraram uma grande discussão entre atletas e professores da modalidade em Manaus. A discussão foi sobre a graduação do mestre de Luta Livre Marcelo Bertolucci, que recebeu das mãos do mestre Osvaldo Alves, o título de faixa preta 5º grau, sendo o primeiro atleta de Luta Livre alcançar este nível no Brasil. Após receber o certificado do mestre Osvaldo Alves, Marcelo postou um vídeo em sua rede social, agradecendo o título de reconhecimento máximo que recebeu. Veja o vídeo;

Logo em seguida, vários atletas protestaram nas redes sociais em reprovação atitude do mestre Osvaldo Alves, argumentando que a entrega de 5º grau para um faixa preta deveria obedecer pré requisitos. Os atletas ficaram indignados e afirmaram que o mestre Marcelo Bertolucci, deveria ser registrado regularmente em alguma federação e ter atuação no esporte. A discussão dividiu lados, parte dos atletas reprovam atitude do mestre Osvaldo Alves em conceder o 5º grau de faixa preta a um atleta da Luta Livre que não e registrado em federação e não possui atuação ou atividade ativa na modalidade. Marcelo Bertolucci atua na modalidade da Luta Livre, do qual veio a Manaus promover o Campeonato Mundial de Luta Livre que ocorreu no dia 20 de agosto na Arena Amadeu Teixeira.

FB_IMG_1503980100679

Em um post, um dos atletas refere que atitude da federação está errada, e que a ”FJJAM está em decadência desde de que se deixou contaminar pela politicagem”; O mestre Osvaldo Alves e apoiador e amigo pessoal do Prefeito de Manaus Artur Neto (PSDB), que também e faixa vermelha de jiu jitsu, após ter sido graduado também pelo mestre Osvaldo Alves.

A discussão seguiu nas redes sociais, provocando reações de atletas no Brasil e nos EUA, que como protesto, postaram nas redes sociais fotos de kimono com a faixa branca, em reprovação atitude do mestre. Mestre Osvaldo Alves postou no seu perfil no Facebook, uma justificativa sobre o ato da graduação. Veja nas imagens

Redação

Últimos Artigos

Seminário de Segurança Inovadora discute esta semana a ordem pública a partir de experiências bem sucedidas no país

Especialistas em segurança pública de todo o Brasil serão palestrantes no II Seminário de...

Promotor investiga suposto desvio de merenda escolar na rede de ensino da Prefeitura de Manaus

O promotor do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), Marcelo Pinto Ribeiro, da 55ª Promotoria...

Abertas inscrições para oficina de pintura para pessoas com deficiência visual e baixa visão

Em comemoração aos 15 anos da audiodescrição no Amazonas, o Governo do Estado, por...

Márcia Perales lança livro sobre a democratização do ensino

A pesquisadora e escritora Márcia Perales Mendes Silva, diretora-presidente da Fundação de Amparo à...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Seminário de Segurança Inovadora discute esta semana a ordem pública a partir de experiências bem sucedidas no país

Especialistas em segurança pública de todo o Brasil serão palestrantes no II Seminário de...

Promotor investiga suposto desvio de merenda escolar na rede de ensino da Prefeitura de Manaus

O promotor do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), Marcelo Pinto Ribeiro, da 55ª Promotoria...

Abertas inscrições para oficina de pintura para pessoas com deficiência visual e baixa visão

Em comemoração aos 15 anos da audiodescrição no Amazonas, o Governo do Estado, por...