quinta-feira, fevereiro 22, 2024
HomeSem categoriaÚltimas | Esposa de advogado morto no Porão do Alemão pode ter...

Últimas | Esposa de advogado morto no Porão do Alemão pode ter parte da perna amputada

Publicado em

spot_img

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus | Segunda-feira


Fabíola Rodrigues Pinto de Oliveira, 31, esposa do advogado Wilson Justo Filho, passou, no último sábado (2), por uma cirurgia de 2 horas, após um ortopedista detectar uma possível infecção na perna esquerda atingida por um tiro, na madrugada do dia 25 de novembro, dentro da casa de show Porão do Alemão, na Zona Oeste. Fabíola está internada no hospital particular Santa Júlia, na Zona Sul, onde se recupera do pós-operatório.

A cirurgia foi realizada pelo ortopedista Nilton Orlando. Segundo a advogada de defesa de Fabíola, Catarina Estrela, no sábado (2), Fabíola recebeu, em sua residência, uma visita do médico, que detectou uma grande infecção com aspecto escuro, como se caraterizasse que a região estava necrosada. Fabíola foi internada imediatamente e operada no mesmo dia.

A advogada informa que a família de Fabíola aguarda a divulgação dos resultados de exames. “Se ela não melhorar até esta terça-feira (5), precisará passar por outra cirurgia, que deve ser realizada para conter a infecção. Ainda não está descartada a possibilidade de amputação de parte do membro”, diz a advogada de Fabíola.

“Eu percebi que a Fabíola andava febril com a perna inchada e com coloração negra. Ela reclamava de muita dor. Com a visita do médico, ele ordenou a cirurgia imediatamente porque uma parte estava necrosada. Ela vai ficar 10 dias hospitalizada e temos até amanhã para saber se a infecção foi contida. Estamos no aguardo dos exames”, explica a advogada Catarina.

Últimos Artigos

Em Japurá no Amazonas, garimpo ilegal e lixão ameaçam o meio ambiente, afirma Joel Araújo

Na sua avaliação a alta renda per capta do município, advinda em grande parte...

Governo do Am apoia manutenção de equipamentos laboratoriais para continuidade nas pesquisas

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado...

Em nova publicação, Joel Araújo expõe situação do lixão à céu aberto da cidade de Autazes no Amazonas

"Me impressiona que ainda hajam pessoas catando lixo no lixão à céu aberto de...

UEA firma acordo com Instituto Butantã

A reunião institucional entre a UEA e o Instituto Butantã ocorreu na quinta-feira (9/2),...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Em Japurá no Amazonas, garimpo ilegal e lixão ameaçam o meio ambiente, afirma Joel Araújo

Na sua avaliação a alta renda per capta do município, advinda em grande parte...

Governo do Am apoia manutenção de equipamentos laboratoriais para continuidade nas pesquisas

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado...

Em nova publicação, Joel Araújo expõe situação do lixão à céu aberto da cidade de Autazes no Amazonas

"Me impressiona que ainda hajam pessoas catando lixo no lixão à céu aberto de...