quinta-feira, julho 18, 2024
HomeSem categoriaCultura | Exposição na Usina Chaminé traz registros fotográficos do Teatro Amazonas.

Cultura | Exposição na Usina Chaminé traz registros fotográficos do Teatro Amazonas.

Publicado em

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus | Segunda-feira


Projeto de educação patrimonial, realizado pelos alunos do IEA, apresenta também o entorno do patrimônio histórico

Uma exposição com 30 peças fotográficas que exaltam o Teatro Amazonas e o entorno do patrimônio é a proposta de “Minha Cultura, Meu Maior Patrimônio”, que acontece no Centro Cultural Usina Chaminé, a partir das 16h desta quarta-feira (19/12) e segue até fevereiro de 2018. O evento tem entrada gratuita e é realizado com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Os registros fotográficos foram feitos por alunos do Núcleo de Artes do Instituto de Educação do Amazonas (IEA), com idades entre 10 e 14 anos. A coordenação do projeto ficou a cargo da professora mestre Denise Bezerra Rodrigues e a curadoria artística é do artista plástico Otoni Mesquita.

 “A exposição é realizada por um pequeno grupo de estudantes que participam de uma iniciação científica na defesa do patrimônio e na ligação afetiva com a cidade, transformando-os em guardiões do patrimônio”, declara o artista. “O patrimônio ganha mais relevância, e assim nós esperamos que a nossa população se envolva mais a partir desses olhares sobre a cidade junto com os olhos da juventude”, complementa Otoni Mesquita.

Projeto A professora Denise Bezerra Rodrigues explica que a exposição está vinculada ao projeto de Educação Patrimonial do Programa Ciência na Escola (PCE), pelo qual os alunos recebem uma bolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) para realizar o projeto.

“Funciona como uma alfabetização científica dentro do tema de educação patrimonial. Eles aprendem sobre este conceito, fazem leituras e uma das fases também é o registro fotográfico. Escolhi este tema porque estudamos dentro de um patrimônio, que é o IEA, e queremos que eles tenham este sentimento de pertencimento com o que é nosso, da escola deles e do entorno do Centro Histórico”, destaca.

 O projeto também mantém um site onde é possível ver os bastidores das visitas dos alunos aos patrimônios da capital. O endereço para visita é o https://patrimoniomanaus.wordpress.com/.

Solidariedade – Além do cunho científico e cultural, o projeto também apresenta um lado solidário. Segundo a professora Denise, as obras poderão ser adquiridas por um valor simbólico e a renda será destinada para o abrigo O Coração do Pai, que acolhe crianças em situação de risco pessoal e social.

“As obras ficam na Usina Chaminé até fevereiro, mas o visitante pode comprar e pegar sua obra após o término da exposição. A ideia é fazer com que nossas crianças também ajudem outras crianças”, explica Denise.

Horários A exposição fica no Centro Cultural Usina Chaminé até fevereiro de 2018. Os horários de visitação, até 29 de dezembro,  são de terça a sexta, de 9h às 14h, e aos sábados, de 9h às 13h.

Serviço: Exposição “Minha Cultura, Meu maior Patrimônio”

Local: Centro Cultural Usina Chaminé, Avenida Manaus Moderna – Centro

Data/ hora: A partir desta quarta, às 16h, até fevereiro de 2018. Visitação de terça a sábado.

Entrada: Gratuita

Classificação: Livre

Fonte: Secom

Redação Por Natália Dantas

Últimos Artigos

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Ibama e Funai renovam parceria de atuação das Brigadas Federais em Terras Indígenas

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), juntamente com...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...