terça-feira, julho 23, 2024
HomeSem categoriaEsportes | Gramados da Arena da Amazônia, Carlos Zamith e Colina recebem...

Esportes | Gramados da Arena da Amazônia, Carlos Zamith e Colina recebem serviços de revitalização.

Publicado em

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus | Quarta-feira


Com o encerramento da temporada, a partir desta semana, Arena da Amazônia, Carlos Zamith e Ismael Benigno (Colina) começam a receber os serviços de revitalização nos gramados. Por conta disso, as atividades nos estádios, administrados pelo Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), este ano, estão encerradas. Os campos estarão liberados novamente para eventos esportivos e festivos no dia 20 de janeiro.

O primeiro a receber os serviços de revitalização foi o estádio Ismael Benigno, localizado na zona oeste de Manaus. Desde segunda-feira (18/12) equipes da empresa Greenleaf, responsável pela manutenção do gramado, trabalham na Colina. O serviço deve ser concluído nesta sexta-feira (22/12). Os trabalhos na Arena da Amazônia, zona centro-sul, começam nesta quarta-feira (20/12) e seguem até a próxima terça-feira (26/12). Já o gramado do Carlos Zamith, zona Leste, será revitalizado de sábado (23/12) até sexta-feira (29/12).

A revitalização do gramado de 30 dias é um trabalho realizado sempre ao final de temporada e serve para recuperar a grama desgastada. “Essa paralisação de um mês acontece sempre ao final da temporada e serve para preparar mesmo os campos para as atividades do próximo ano. É um cuidado necessário. O desejo do Governo do Amazonas é que tanto a Arena, quanto o Zamith e a Colina estejam sempre prontos para receber partidas de futebol e outros eventos, por isso o gramado precisa desse tempo maior de manutenção”, comentou a secretária da Sejel, Janaina Chagas.

Ricardo Silva é o engenheiro agrônomo da Greenleaf responsável pelos trabalhos nos gramados dos estádios. Ele explica que os serviços de revitalização duram pelo menos uma semana e que os outros dias servem para recuperar a grama.

“É um trabalho que foi realizado ano passado e foi por isso que o gramado suportou a temporada. Os serviços acontecerão no prazo de cinco dias, após isso os gramados serão irrigados diariamente para uma completa e eficiente recuperação. Este trabalho é feito de forma minuciosa para que a grama suporte toda a temporada de jogos do próximo ano”, comentou o engenheiro.

Serviços realizados:

Descompactação – servirá para deixar o piso mais macio.

Aeração – servirá para melhorar a oxigenação do sistema radicular do gramado, desobstruir as passagens.

Topdressing – aplicação de uma camada de areia para regularizar o nivelamento superficial.

Aplicação de fertilizantes – líquidos e granulados.

Fonte: Secom

Redação Por Natália Dantas

Últimos Artigos

Eleição 2024: David Almeida tem 29,8% Amom Mandel 25,2% e Roberto Cidade 12,8%, a 76 dias da eleição, diz Pontual

O Instituto Pontual Pesquisas divulga nesta segunda-feira, 22, a pesquisa para a disputa da...

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Eleição 2024: David Almeida tem 29,8% Amom Mandel 25,2% e Roberto Cidade 12,8%, a 76 dias da eleição, diz Pontual

O Instituto Pontual Pesquisas divulga nesta segunda-feira, 22, a pesquisa para a disputa da...

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...