quinta-feira, julho 18, 2024
HomeSem categoriaManaus | Suhab efetua o pagamento da última indenização da Comunidade Arthur...

Manaus | Suhab efetua o pagamento da última indenização da Comunidade Arthur Bernardes.

Publicado em

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus | Quinta-feira


O Governo do Amazonas, por meio da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), realizou nesta quinta-feira (21/12), o último pagamento da indenização de moradores da comunidade Arthur Bernardes, situada no bairro São Jorge, zona oeste de Manaus, às margens do igarapé Cachoeira Grande, vítimas do incêndio ocorrido em 2012.

Seu Arisfrank Guimarães e a esposa Meiriele Carvalho receberam o cheque no valor de R$ 35 mil das mãos do superintendente da Suhab, Diego Afonso. “Parabéns pela indenização. Esse processo já se arrastava por anos e agora é mais um compromisso do governador Amazonino que estamos honrando. Ficamos muito felizes em concretizar esta ação”, afirmou Afonso, ao casal.

“Agradeço e peço que Deus lhe abençoe e dê saúde porque com isso podemos correr atrás de todo o restante. Também agradeço ao governador que olhou por nós e garantiu que nosso Natal fosse mais feliz”, respondeu o morador.

Na tarde de quarta-feira (20/12) foi realizada uma cerimônia para a entrega das indenizações aos moradores. A entrega foi feita pelo governador em Exercício, Bosco Saraiva. “Essas famílias mereciam esse respeito. A espera já durava cinco anos e agora finalmente elas estão recebendo a indenização. Além da entrega dos apartamentos que será feita no local, assim que a obra for finalizada”, disse Saraiva.

O montante dessas indenizações é de R$ 703.735,48. Agora já 382 famílias já receberam algum tipo de benefício disponibilizado pelo Estado. Destas 138 receberam unidades habitacionais no Parque Residencial Mestre Chico 2, 155 famílias optaram pela indenização e 85 recebem o Bolsa Moradia Transitória e aguardam a realização das obras no local. Os gastos somam em média mais de R$ 5 milhões, vindos do tesouro nacional.

Obras retomadas – O governador Amazonino Mendes também deu ordem para as obras serem retomadas no igarapé da Cachoeira Grande. Moradores da área fizeram faixas e foram às ruas comemorar a determinação do governador, que anunciou o reinício das obras de requalificação urbanística no igarapé da Cachoeira Grande. Os serviços no local estavam paralisados há pelo menos cinco anos.

O projeto em execução na área da Cachoeira Grande prevê a realização de serviços de requalificação urbanística do igarapé, com obras de terraplenagem, drenagem, pavimentação e implantação de duas quadras/bairros, que totalizarão 512 habitações para o atendimento das famílias vitimadas pelo incêndio de 2012.

Área já era incluída no Prosamim

Conforme dados da Suhab, quando o incêndio aconteceu, 568 famílias estavam cadastradas como moradoras daquela área, que já havia sido incluída no Programa de Saneamento dos Igarapés de Manaus (Prosamin).

Em abril de 2017 foi efetuado o pagamento de indenizações das 128 famílias e o pagamento do programa Bolsa Moradia Transitória para 90 restantes que optaram por unidade habitacional. Em novembro de 2017, foi feita uma vistoria técnica na área da antiga Comunidade Artur Bernardes. O objetivo foi vistoriar o terreno para retomada do processo para a construção do residencial destinado às famílias desabrigadas por conta do incêndio ocorrido em 2012 no local, assim como aos desapropriados ao longo do Igarapé.

“A retomada das obras do residencial foi uma determinação do governador Amazonino Mendes em prol dessas pessoas que sofreram com o incêndio e que há anos esperam por esta moradia digna”, disse o superintendente da Suhab, Diego Afonso.

Fonte: Secom

Redação Por Natália Dantas.

Últimos Artigos

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Ibama e Funai renovam parceria de atuação das Brigadas Federais em Terras Indígenas

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), juntamente com...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...