terça-feira, julho 23, 2024
HomeSem categoriaEconomia | Sepror comemora linhas de crédito no valor de R$ 133...

Economia | Sepror comemora linhas de crédito no valor de R$ 133 milhões para o primeiro setor.

Publicado em

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus |Terça-feira


A Secretaria de Produção Rural (Sepror) comemora mais uma importante conquista para o setor primário do Amazonas. Apesar da crise, R$ 133 milhões serão disponibilizados para financiamentos em 2018. Os recursos serão viabilizados pelo Governo do Estado, por meio da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), e pelo Governo Federal, através dos bancos da Amazônia (Basa) e do Brasil (BB).

A prioridade é para agricultura familiar e pequenos produtores, por meio da elaboração de projetos e o devido acompanhamento técnico que vai desde a seleção dos beneficiários até à comercialização. Do valor total, R$ 40 milhões serão disponibilizados pela Afeam, R$ 44 milhões pelo Banco da Amazônia e R$ 49 milhões pelo Banco do Brasil.

O secretário de Estado da Produção Rural, José Aparecido dos Santos, que reivindicou mais recursos para o primeiro setor amazonense desde o seu primeiro dia de gestão na Sepror, disse que esses recursos irão fortalecer ainda mais a produção rural do interior.

“Conhecemos a vida do homem no interior. É uma vida sofrida. Essas linhas de financiamento ajudam nossos produtores a ter melhor qualidade de vida, e como consequência, a produção é melhor”, afirma o secretário. “Temos um grupo de trabalho buscando soluções para a falta de financiamentos, falta de postos bancários, inadimplências entre outros problemas. Recursos disponíveis geram melhores expectativas”, completa Aparecido.

Integração – Todo o Sistema Sepror comemora a notícia. Com um total aproximado de 270 mil produtores rurais, o Primeiro Setor do Amazonas necessita de investimentos próprios, por meio de financiamentos, além da assistência técnica feita pelo Idam (Instituto de Desenvolvimento), da defesa animal e florestal feita pela Adaf (Agência de Defesa) e da comercialização feita pela ADS (Agencia de Desenvolvimento Sustentável).

“É importante que esses produtores tenham acesso a essas linhas de crédito. A determinação do governador Amazonino Mendes é que o Sistema Sepror, se não puder ajudar, que ensine como os produtores podem ter acesso ao que está disponível nas instituições voltadas para o fomento”, afirma o diretor-presidente do Idam, João Campelo.

Fortalecimento – Voltada para a comercialização, objetivo final dos produtores, a ADS já anunciou para 2018 um fortalecimento de dois programas de grande importância: Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme) e Programa de Regionalização dos Mobiliários Escolares (Promove). Com o anuncio dessas linhas de crédito a expectativa é que mais produtores e mais moveleiros se estruturem e passem a fornecer seus produtos para o Governo do Estado.

“Realmente, é animador para o nosso sistema que as instituições financeiras se abram para os pequenos produtores. Nós, da ADS, estamos entusiasmados com o fortalecimento do setor primário”, ressalta o presidente da ADS, Lúcio Flávio do Rosário.

Capacitação – Para cumprir critérios necessários para garantir esses investimentos, o Idam, em parceria com o Banco da Amazônia, desde novembro, vem sendo feitos treinamentos e capacitações sobre Procedimentos de Internalização de Projetos, onde participam gerentes, técnicos das unidades locais e diretores do Idam. Os projetos, a partir de janeiro, serão digitalizados em formato de dossiê eletrônico, facilitando o trâmite e armazenamento dos processos.

Fonte: Secom

Redação Por Natália Dantas

Últimos Artigos

Eleição 2024: David Almeida tem 29,8% Amom Mandel 25,2% e Roberto Cidade 12,8%, a 76 dias da eleição, diz Pontual

O Instituto Pontual Pesquisas divulga nesta segunda-feira, 22, a pesquisa para a disputa da...

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Eleição 2024: David Almeida tem 29,8% Amom Mandel 25,2% e Roberto Cidade 12,8%, a 76 dias da eleição, diz Pontual

O Instituto Pontual Pesquisas divulga nesta segunda-feira, 22, a pesquisa para a disputa da...

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...