sexta-feira, julho 19, 2024
HomeSem categoriaSaúde | Susam reforma UTIs do Pronto Socorro da Criança da Zona...

Saúde | Susam reforma UTIs do Pronto Socorro da Criança da Zona Oeste.

Publicado em

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus | Quarta-feira


Quinze anos após a inauguração, as duas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) do Pronto Socorro da Criança (PSC) da Zona Oeste, no bairro Compensa, estão passando pela primeira reforma. A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) iniciou os trabalhos na UTI “Pipoca”, no dia 22 de dezembro, com prazo de um mês para entrega. Na sequência, inicia a reforma da UTI “Algodão Doce”.

É a primeira vez que as duas UTIs recebem reformas, desde que foram inauguradas, em 2002, na gestão do atual governador Amazonino Mendes. De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Francisco Deodato, que também era secretário na época da inauguração, além da reestruturação física será feita a troca de mobília. O pronto-socorro infantil possui 10 leitos de UTI, incluindo um de isolamento.

“Estamos fazendo essa reforma porque encontramos uma UTI com goteiras, paredes mofadas e úmidas, com fiação exposta de maneira perigosa para pacientes e funcionários. Esse é um problema que estava se arrastando”, destaca o secretário, que visitou a unidade logo que assumiu a secretaria, em 5 de outubro, e decidiu incluir a reforma da UTI na lista de prioridades.

O objetivo é que as unidades voltem a atender aos padrões do Ministério da Saúde (MS). De acordo com a diretora, Júlia Fernanda Marques, a reforma vai refletir na recuperação da saúde dos pacientes. “Ter um espaço seguro para quem precisa de atendimento na UTI é uma obrigação para que os tratamentos que ocorram aqui sejam eficazes. Por isso, tratamos esse serviço de reforma como prioridade da administração aqui no PSC Zona Oeste”, observou.

Para essa primeira etapa dos trabalhos, a direção precisou adequar uma enfermaria para receber os cinco leitos. Esse também é um dos motivos para que a reforma seja acelerada: garantir que os pacientes retornem o mais rápido possível para o espaço melhorado.

Segundo a diretora, tão logo se conclua a reforma da UTI “Pipoca”, iniciam as obras na UTI “Algodão Doce”. “O prazo é acelerado, de 30 dias para cada obra, para que assim possamos devolver a normalidade aos serviços”.

Reestruturação – A reestruturação física dos serviços de urgência e emergência da rede estadual de saúde tem sido uma das prioridades da atual gestão da Susam. Em novembro, já havia sido entregue a obra da UTI do Pronto Socorro da Criança Zona Sul, na Cachoeirinha. A obra ficou parada por quase três anos e foi concluída num prazo de um mês.

Fonte: Secom

Redação Por Natália Dantas

Últimos Artigos

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...