quinta-feira, julho 18, 2024
HomeEconomiaCom ‘viradão’, Governo do Amazonas retoma entrega do Auxílio Estadual permanente a...

Com ‘viradão’, Governo do Amazonas retoma entrega do Auxílio Estadual permanente a famílias de Coari

Publicado em

Artigo Relacionado

UEA faz visita técnica em polo petrolífero de Urucu

Pesquisadores da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) realizaram, na última terça-feira, dia 30/01,...

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), retomou nesta terça-feira (30/11) a entrega dos cartões do Auxílio Estadual permanente às 5.046 famílias de Coari (a 363 quilômetros de Manaus).

A distribuição do benefício havia sido suspensa, no último dia 20 de novembro, após determinação da Justiça. Na sexta-feira (26/11), o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) revogou a decisão e liberou a retomada das entregas do auxílio mensal de R$ 150.

Em ação inédita e histórica, o Governo do Estado criou o Auxílio Estadual permanente, no valor de R$ 150 mensais. O benefício vai alcançar 300 mil pessoas, sendo 142 mil no interior do estado.

Em Coari, a distribuição dos cartões acontece em regime de “viradão”, iniciando às 8h desta terça-feira e seguindo até quarta-feira (1°/12), no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Professor Manuel Vicente Ferreira Lima. Serão 24 horas de entrega do Auxílio Estadual Permanente, sem intervalo.

A titular da Seas, Alessandra Campêlo, conduziu a solenidade que marcou a retomada da distribuição do benefício. Para a ação em Coari, o Governo do Amazonas mobilizou cerca de 64 servidores do Estado.

No município, a injeção de recursos com o auxílio será de mais de R$ 750 mil, mensalmente. A solenidade de entrega dos cartões contou com a participação dos deputados Dr. Gomes, Saullo Vianna e Felipe Souza, além de secretários estaduais.

“A gente está fazendo, aqui, um dever de ofício. É trabalho, é obrigação, mas é uma coisa que também mexe muito com o coração de todo mundo, e aí a gente passa a entender a necessidade que toda a população está passando nesse pós-pandemia. E o governador Wilson Lima, a partir disso, se sentiu mais do que na obrigação de recorrer, de garantir esse direito a essas famílias, mas, principalmente, de colocar a equipe do Governo do Estado aqui, que vai fazer um viradão, vai ficar 24, 48, 72 horas, o tempo que for, sem dormir, para garantir que essas mães possam colocar comida na mesa dos seus filhos”, reforçou a secretária.

Ajuda bem-vinda – A agricultora Alzimara da Silva Amorim, de 26 anos, moradora da comunidade Divino Espírito Santo do Angelin, foi uma das contempladas pelo Auxílio Estadual permanente.

Ela disse que vai usar o benefício para comprar, principalmente, comida para a família, formada pelo esposo e o filho pequeno.

“Esse auxílio representa bastante, porque a gente que mora no interior precisa e é muito necessitada. Aí, tudo o que vem é para ajudar o povo coariense. Eu agradeço muito a ele [Wilson Lima] e à equipe dele. Ele está fazendo um ótimo trabalho”, elogiou Alzimara.

A entrega do benefício é feita somente para o titular do cartão, mediante apresentação de documento de identificação com foto, coleta de assinatura na cautela e registro no aplicativo Sasi.

Para conferir se é beneficiário, é preciso acessar o site http://www.auxilioestadual.com.br.

O site também informa quando e onde o cartão será entregue.

Sobre o auxílio – O Auxílio Estadual permanente já é considerado o maior programa estadual de transferência de renda do país, garantindo a segurança alimentar de milhares de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

A previsão de conclusão das entregas dos cartões é 15 de dezembro. Em seguida, será iniciado um trabalho de busca ativa dos beneficiários remanescentes.

Critérios de acesso – Todas as famílias contempladas com o Auxílio Estadual permanente estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal.

O CadÚnico é o conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza criado para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria de vida das mesmas.

Fonte: Assessoria/O Poder

Foto: Tácio Melo/Secom

Redação por Bernardo Andrade

Últimos Artigos

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...