quarta-feira, maio 22, 2024
HomeCotidianoMaceió segue recomendações e cancela shows de sete palcos no Réveillon

Maceió segue recomendações e cancela shows de sete palcos no Réveillon

Publicado em

Artigo Relacionado

Festival de Férias leva a garotada a um passeio histórico pelo Centro Cultural dos Povos da Amazônia

Diversão e aventura marcaram a abertura do Festival de Férias 2024, que ocorreu na...

O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB), anunciou, neste sábado (4), pelo seu Twitter, que as festividades de Réveillon na capital alagoana estão canceladas. Agora são 19 capitais que já anunciaram não realizar festas públicas de fim de ano.

“Por prudência e para não postergar ainda mais a decisão, anunciamos o cancelamento das festas do Réveillon que seriam realizadas pela Prefeitura de Maceió. Estávamos aguardando novas informações das autoridades sanitárias e atualizações científicas”, disse JHC, como é conhecido o prefeito.

A ideia inicial da prefeitura era realizar festas em sete palcos espalhados pela cidade no dia 31.

Maceió foi a última capital nordestina a cancelar o Réveillon 2022, seguindo as recomendações do MP-AL (Ministério Público Estadual), da AMA (Associação de Municípios Alagoanos) e do Comitê Científico do Consórcio Nordeste.

A prefeitura apostava na vacinação, já que era “uma das capitais do Brasil com maior eficácia na vacinação contra a Covid-19”, com “mais de 80% da população imunizada”.

Na sexta-feira (3), o comitê científico do Consórcio Nordeste lançou boletim pedindo o cancelamento das festas, indicando que, apesar da ocupação baixa de leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) e da estabilização em baixa no número de casos e mortes, apenas 51,4% da população no estado têm ciclo vacinal completo.

“A pandemia existe e deve ser considerada. Ainda não existe segurança sanitária para quaisquer atividades presenciais sem protocolos de distanciamento, proteção e testagem, principalmente em grandes aglomerações como as de final de ano e carnaval”, relata.

Por Carlos Madeiro/UOL/FOLHAPRESS

Foto: Divulgação

Redação por Bernardo Andrade

Últimos Artigos

Márcia Perales lança livro sobre a democratização do ensino

A pesquisadora e escritora Márcia Perales Mendes Silva, diretora-presidente da Fundação de Amparo à...

Careiro inicia preparações visando a Conferência Municipal de Meio Ambiente

Tendo sido um dos municípios mais afetados pelos incêndios florestais e fumaça no verão...

Agendão Cultural está repleto de eventos nos espaços mantidos pelo Governo do Amazonas

O agendão cultural deste fim de semana (17 a 19/05) oferece uma programação repleta...

Teatro da Instalação recebe estreia de nova temporada do espetáculo ‘Helena’, do Ateliê 23

No domingo (19/05), às 19h, o Ateliê 23 apresenta a nova temporada do espetáculo...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Márcia Perales lança livro sobre a democratização do ensino

A pesquisadora e escritora Márcia Perales Mendes Silva, diretora-presidente da Fundação de Amparo à...

Careiro inicia preparações visando a Conferência Municipal de Meio Ambiente

Tendo sido um dos municípios mais afetados pelos incêndios florestais e fumaça no verão...

Agendão Cultural está repleto de eventos nos espaços mantidos pelo Governo do Amazonas

O agendão cultural deste fim de semana (17 a 19/05) oferece uma programação repleta...