quinta-feira, julho 18, 2024
HomeAmazonasCarreta Vacina Amazonas irá atender moradores do Nova Vitória a partir desta...

Carreta Vacina Amazonas irá atender moradores do Nova Vitória a partir desta quinta-feira (27/01)

Publicado em

Artigo Relacionado

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Vacinação será no Ceti Cinthia Régia Gomes do Livramento, das 9h às 15h.

A Carreta Vacina Amazonas estará em novo endereço a partir desta quinta-feira (27/01).

Desta vez, os moradores do bairro Nova Vitória, na zona leste de Manaus, vão receber os atendimentos da unidade itinerante do Governo do Amazonas.

A aplicação das doses de imunizantes contra a Covid-19 será no Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Professora Cinthia Régia Gomes do Livramento, na rua Hibisco, no horário das 9h às 15h.

A unidade móvel de vacinação é uma estratégia do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (SES-AM), para levar a vacina cada vez mais para perto da população.

Além de desafogar outros postos de vacinação, o novo local visa aumentar a cobertura vacinal na zona leste da cidade.

“Seguimos na nossa missão de oportunizar a vacina para a população, e a estratégia Governo do Amazonas tem dado ótimos resultados, com mais de 23 mil doses aplicadas por onde a carreta passou. O sucesso desse projeto só é possível porque a população tem atendido nosso chamado para a vacinação, então convocamos a população do bairro Nova Vitória e da zona leste para receber essa dose de esperança”, destacou Anoar Samad, titular da SES-AM.

Desde que a ação foi lançada, no dia 8 de dezembro do ano passado, a unidade já aplicou mais de 23,2 mil doses nos três locais onde a carreta foi instalada.

Foram aplicadas 9.578 doses enquanto a unidade esteve instalada na Praça Heliodoro Balbi (antiga Praça da Polícia), no Centro; 11.454 doses durante passagem da unidade móvel pelo Centro Estadual de Convivência da Família (CECF) Padre Pedro Vignola, na zona norte; e 2.255 doses durante a ação no bairro Tarumã.

Para o atendimento da população, a Carreta Vacina Amazonas conta com profissionais de saúde da SES-AM e da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), com o apoio da Prefeitura de Manaus.

Vacinação – Na carreta é disponibilizada a aplicação das 1ª, 2ª e 3ª doses, além da 4ª dose, disponível para as pessoas com alto grau de imunossupressão, que receberam a dose de reforço há pelo menos quatro meses.

Reforço – Para a população acima de 60 anos, o intervalo para a terceira dose é de pelo menos três meses da aplicação da segunda dose. Para pessoas entre 12 e 59 anos, a imunização com a dose de reforço exige um intervalo de pelo menos quatro meses.

Para receber a dose de reforço, é necessário apresentar a carteira de vacinação, documento de identificação original com foto ou certidão de nascimento (se menor de 17 anos) e CPF.

Quarta dose – Para a aplicação da 4ª dose, os documentos necessários são: carteira de vacinação, documento de identificação com foto, CPF, e laudo médico ou outro documento que comprove a condição – original e cópia, que ficará retida para controle.

Fonte: Assessoria

Foto: Rodrigo Santos/SES-AM

Redação por Bernardo Andrade 

Últimos Artigos

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...