sexta-feira, julho 19, 2024
HomeCotidiano“Defensores do meio ambiente seguem em risco”, alerta viúva de Dom Phillips durante...

“Defensores do meio ambiente seguem em risco”, alerta viúva de Dom Phillips durante velório

Publicado em

Artigo Relacionado

Festival de Férias leva a garotada a um passeio histórico pelo Centro Cultural dos Povos da Amazônia

Diversão e aventura marcaram a abertura do Festival de Férias 2024, que ocorreu na...

Em pronunciamento durante o velório do jornalista britânico Dom Phillips, 57 anos, a viúva Alessandra Sampaio exigiu justiça e pediu que não se repita a dor dela e de outras famílias de defensores do meio ambiente. “Eles seguem em risco, seguem em risco”, ressaltou.

 

Dom foi assassinado no Vale do Javari, no Amazonas, ao lado do indigenista brasileiro Bruno Pereira, 41 anos. Os restos mortais do jornalista foram velados e cremados no Cemitério Parque da Colina, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, neste domingo (26).

 

Uma bandeira do Brasil encobriu o caixão, que recebeu um retrato do jornalista feito pela fotógrafa brasileira Angélica Dass.

Alessandra manifestou gratidão aos povos indígenas por serem leais guardiões da vida, da justiça e das florestas.

 

Ela agradeceu também a todos que participaram ativamente das buscas a Dom e Bruno e aos jornalistas pelos esforços para apurar o caso e pela cobrança por transparência das investigações.

 

“Também agradeço de coração a todas as pessoas que se solidarizaram com Dom, com Bruno, com nossas famílias e amigos”, disse, emocionada. “Hoje Dom será cremado no país que amava, seu lar escolhido, o Brasil”.

 

Alessandra disse que Dom era uma pessoa especial, não apenas por defender o que acreditava, mas por ter um coração enorme e um grande amor pela humanidade.

 

A irmã do jornalista, Sian Phillips, também fez um pronunciamento e disse que ele foi morto por tentar contar ao mundo as histórias sobre a floresta e seus moradores.

 

Alessandra, os irmãos de Dom: Sian Phillips, Gareth Phillips e o cunhado Paul Sherwood (marido de Sian); se abraçaram no final do pronunciamento, sob aplausos de todos os presentes. A cerimônia de despedida foi restrita aos familiares e amigos.

 

Bruno Pereira foi cremado na sexta-feira (24) no Cemitério e Crematório Morada da Paz, em Recife, Pernambuco, onde nasceu.

Indígenas da etnia Xucuru, da Serra do Ororubá, em Pesqueira, no Agreste de Pernambuco, participaram da cerimônia de despedida de Bruno.

 

Eles entoaram cânticos quando entraram no cemitério Morada da Paz e emocionaram os presentes.

 

“Oh, meu irmão, oh, irmão meu. Cadê o meu irmão que não vem brincar mais eu?”, cantaram os Xucuru enquanto balançavam seus instrumentos de percussão. O cântico continuou quando se aproximaram do caixão de Bruno.

 

 

Últimos Artigos

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...