quarta-feira, maio 22, 2024
HomeBrasil“Vi a morte”, diz jovem espancado e marcado a ferro por patrão...

“Vi a morte”, diz jovem espancado e marcado a ferro por patrão na BA

Publicado em

Artigo Relacionado

Ibama institui plano de atuação para emergência nuclear

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) aprovou, no...

William de Jesus Conceição, de 24 anos, relata o horror que passou, sob as mãos do dono e do gerente da loja em Salvador onde trabalhava. O empresário de Salvador está sendo denunciado por dois de seus funcionários por tortura.

Os trabalhadores afirmam que viveram sessões de espancamento após serem acusados de furtar R$ 30 dentro do estabelecimento, localizado nas proximidades da Estação da Lapa, no Centro da capital baiana.

“Eu não acreditava no que estava acontecendo comigo. Apanhei muito e teve uma hora que não suportei mais. Eu realmente pensei que ia morrer. Quanto mais ele batia, ele continuava batendo. Batia com a barra, dava murro na cara”, disse William, que teve as mãos queimadas com ferro de passar, ao Grupo Aratu.

“Estavam batendo com ódio, eu só vi a morte”, disse ao portal R7.

O empresário, que seria evangélico e que não teve o nome revelado, teria deixado marcado “171” com o ferro quente nas mãos da vítima, em referência à infração penal contra o patrimônio prevista no Código Penal Brasileiro. O funcionário também informou ter sido obrigado a usar vestido enquanto era gravado pelo agressor.

William conta que foi abordado no primeiro momento pelo gerente e conduzido para os fundos da loja. Em seguida, o patrão chegou, e os dois chefes começaram a agredir os empregados.

“Eu só chorava e tremia. Me ameaçaram de morte e falaram que iam me entregar para os caras do tráfico”, conta o rapaz. “Estou muito indignado, não esperava isso deles”, desabafa.

As vítimas denunciaram os dois agressores e o Ministério Público do Trabalho da Bahia instaurou um inquérito para apurar o caso de tortura. A Polícia Civil do estado também investiga.

 

 

 

Fonte: Metrópoles

Foto: Reprodução

Redação por Bernardo Andrade

Últimos Artigos

Márcia Perales lança livro sobre a democratização do ensino

A pesquisadora e escritora Márcia Perales Mendes Silva, diretora-presidente da Fundação de Amparo à...

Careiro inicia preparações visando a Conferência Municipal de Meio Ambiente

Tendo sido um dos municípios mais afetados pelos incêndios florestais e fumaça no verão...

Agendão Cultural está repleto de eventos nos espaços mantidos pelo Governo do Amazonas

O agendão cultural deste fim de semana (17 a 19/05) oferece uma programação repleta...

Teatro da Instalação recebe estreia de nova temporada do espetáculo ‘Helena’, do Ateliê 23

No domingo (19/05), às 19h, o Ateliê 23 apresenta a nova temporada do espetáculo...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Márcia Perales lança livro sobre a democratização do ensino

A pesquisadora e escritora Márcia Perales Mendes Silva, diretora-presidente da Fundação de Amparo à...

Careiro inicia preparações visando a Conferência Municipal de Meio Ambiente

Tendo sido um dos municípios mais afetados pelos incêndios florestais e fumaça no verão...

Agendão Cultural está repleto de eventos nos espaços mantidos pelo Governo do Amazonas

O agendão cultural deste fim de semana (17 a 19/05) oferece uma programação repleta...