Policial & Dia a Dia

Modelo econômico! | Josué Neto sai em defesa da Zona Franca de Manaus e rebate críticas de Paulo Guedes

Manaus | 11 de Setembro de 2019 (Quarta-feira)

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), deputado Josué Neto, usou a tribuna para abordar, na manhã da última terça-feira (10), sobre as diversas declarações infelizes do ministro da economia, Paulo Guedes, sobre a Zona Franca de Manaus.

Em algumas falas, Guedes aborda que o maior modelo é “antieconômico e mal feito”, “ruim” e que custa bilhões de renuncias aos cofres da União. Além disso, “atrapalha” o projeto de desenvolvimento regional.

“O ministro Paulo Guedes precisa entender que a economia deve caminhar em harmonia com as causas sociais e ambientais. Com a evolução da sociedade e consequentemente das áreas técnicas, devemos pensar no desenvolvimento econômico pautado na sustentabilidade e é isso, que a Zona Franca de Manaus faz. Muitos já compreenderam, mas o ministro demonstra total bloqueio a essa constatação”, disse Josué.

Ainda de acordo com o deputado, é necessária uma reunião com os 24 deputados da ALE-AM com o presidente Jair Bolsonaro. Josué propôs um documento ao lado do colega, Wilker Barreto (Podemos), que será encaminhado para Bolsonaro com o intuito de comprometer de maneira efetiva o presidente e Guedes com a manutenção e modernização da Zona Franca.

“Vou solicitar ajuda da Bancada Federal do Estado, e do Superintendente da Suframa, Coronel Alfredo Alexandre de Menezes, que é próximo ao presidente para que consigamos essa reunião o mais breve possível”, reforçou o parlamentar.

“A Zona Franca de Manaus é o maior modelo de preservação do meio ambiente no mundo. Nossa indústria não polui, não desmata e faz com que ao menos 90 mil homens e mulheres não tenham que desmatar. Vamos pedir apoio de todas as esferas, para que isso seja compreendido”, enfatizou Josué Neto.

Foto: Reprodução.

Fonte: Assessoria do deputado.

Redação por Ana Flávia Oliveira.

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade