Famosos & Entretenimento

Cutucou | José de Abreu ironiza Regina Duarte ser indicada para Secretaria de Cultura.

Manaus, 20 de janeiro de 2020.

Declaradamente opositor do atual governo de Jair Bolsonaro (PSL), o ator José de Abreu, 73, expressou sua opinião sobre o convite feito pelo presidente à atriz Regina Duarte, 70, ao cargo na Secretaria de Cultura em seu mandato.
Abreu rebateu ao comentário feito por Duarte sobre o seu apoio a Bolsonaro. “Nunca é demais lembrar o tanto de respeito que este governo tem pelo seu povo”, afirmou a atriz ao UOL.
“Seu povo, o povo dele, não o povo brasileiro: ministros analfabetos, milicianos, corruptos, nazistas, militares e policiais assassinos, torturadores, pedófilos. Realmente, ela está preparada para o cargo”, escreveu de forma irônica o ator em sua rede social.
Regina Duarte foi convidada no final da semana passada para assumir a Secretaria Especial de Cultura após a demissão do dramaturgo Roberto Alvim, que gerou polêmica ao fazer um discurso com referências nazistas. Segundo interlocutores, a atriz conversou com integrantes da equipe do presidente e pediu para falar pessoalmente com Bolsonaro nesta segunda-feira (20), para decidir se vai aceitar a proposta.
Ex-colega de emissora na rede Globo, José de Abreu voltou a comentar sobre o caso em sua rede social. Hoje, o ator sugeriu que a proposta de Regina Duarte de recriar o Ministério da Cultura seria por conta do salário.
“Breaking faking news: Regina Duarte exige a recriação do Ministério da Cultura para participar do governo. ‘Sempre fui a protagonista, não será agora que vou ser a secretária. Quase não tem fala!’. Na verdade o salário de ministro é 36 mil e de secretário 15 mil.”
Regina Duarte não respondeu aos comentários do ator e usou sua conta no Instagram para falar sobre a devoção ao padroeiro do Rio de Janeiro, São Sebastião. “Tenho sido -e quero continuar sendo- grata à vida por tudo que ela me apresenta. De tudo quero tirar uma lição, um aprendizado. E vambora! Com muito amor no coração.”

Fonte: Folhapress.

Foto: Reprodução| Twitter.

Redação por Débora Almeida.

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade