quarta-feira, julho 17, 2024
HomeSem categoriaCidade de Deus e alvo de megaoperação da Polícia Civil, no Rio

Cidade de Deus e alvo de megaoperação da Polícia Civil, no Rio

Publicado em

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Pelo menos 100 carros e 400 policiais civis estavam na local nesta quarta-feira. Mais de 6 mil alunos que estudam na região ficaram sem aulas.

Policiais civis realizaram uma megaoperação, na manhã desta quarta-feira (23), na comunidade da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio. Esse é o quinto dia consecutivo de ação policial região. Como mostrou o Bom Dia Rio, pelo menos 100 carros da Polícia Civil, com o auxílio de dois blindados, e 400 policiais participavam da operação.

Através da Divisão de Homicídios, a Polícia Civil participa da investigação da queda do helicóptero da Polícia Militar que resultou na morte de quatro PMs e também da morte de sete homens que foram encontrados na região de mata da comunidade.

A operação desta quarta-feira, que tem como objetivo cumprir mandados de prisão e mandados de busca e apreensão, foi realizada por meio da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), com apoio da Subchefia Operacional, do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC), da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e de diversas delegacias especializadas e distritais.

Por causa da operação, 6105 alunos que estudam no turno da manhã ficaram sem aulas. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação,12 escolas, 3 creches e 7 Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) estão sem atendimento na região da Cidade de Deus.

Entre os 400 policiais civis que participam dessa ação, 25 são delegados. A operação e está sendo realizada em decorrência de uma investigação realizada pela Delegacia de Combate às Drogas, com o apoio da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), na qual foram identificadas e indiciadas nove pessoas que participaram diretamente dos confrontos ocorridos no ultimo final de semana na comunidade.

Entre os suspeitos estão Edvanderson Gonçalves Leite, conhecido como “Deco”, responsável por comandar o trafico de drogas na região. Segundo a Polícia Civil, “Deco” obteve liberdade em 21 de julho deste ano e, desde então, observou-se um aumento considerável do poderio bélico na comunidade, bem como colocou em prática um plano de expansão territorial. Com base nas provas colhidas, o delegado representou pela decretação dos mandados de prisão dos nove criminosos que foram deferidas pela Justiça. Os indiciados irão responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de armas de fogo.

Os investigadores já têm duas informações sobre a queda do helicóptero da Polícia Militar, na Cidade de Deus, no sábado (19). A transmissão das imagens foi interrompida pouco antes da queda. E os documentos da aeronave estavam em dia. Agentes da Divisão de Homicídios foram nesta terça-feira (22), ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Cenipa), que apura o que causou a queda do helicóptero.

Duas perícias foram realizadas no local: uma do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), que vai determinar a dinâmica da queda do helicóptero e a da Cenipa, que teve acesso a todos os equipamentos do aparelho pode determinar o que causou o problema na aeronave. A DH quer saber se o Cenipa conseguiu imagens da câmera interna da aeronave, que possam ajudar a entender o caso. Quatro policiais militares que estavam no helicóptero morreram na queda.

A DH também investiga se os sete homens encontrados mortos na mata, na Cidade de Deus, no fim de semana, foram executados ou não. Segundo a polícia, todos eles tinham passagens pela polícia, a maioria já tinha sido presa por tráfico de drogas. A polícia apura se eles foram mortos por traficantes, por policias militares ou por milicianos.

Fonte: G1

Últimos Artigos

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Ibama e Funai renovam parceria de atuação das Brigadas Federais em Terras Indígenas

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), juntamente com...

Seminário na UEA debate foco em soluções tecnológicas para o mercado de defesa

Com a missão de proporcionar a criação de novas ideias e perspectivas, oferecendo um...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Ibama e Funai renovam parceria de atuação das Brigadas Federais em Terras Indígenas

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), juntamente com...