sábado, maio 25, 2024
HomeSem categoriaManaus | Por força da lei, paciente retoma hemodiálise em clínica de...

Manaus | Por força da lei, paciente retoma hemodiálise em clínica de Manaus

Publicado em

Artigo Relacionado

RR: ALE vai gastar R$ 2,3 milhões com compra de combustível em posto de político investigado pela PF por desvio milionário

Roraima - Sob a gestão do presidente Soldado Sampaio (Republicanos), a Assembleia Legislativa de...

Manaus | Quinta Feira

O paciente renal crônico Thiago Coelho, 26, precisou entrar com uma medida judicial para voltar a ser atendido na clínica Pronefro, que tem contrato de prestação de serviços de hemodiálise com o Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado da Saúde (Susam). Alegando ser vítima de perseguição política, ele denuncia que foi excluído da lista de atendimento da clínica que funciona na rua Maceió (Adrianópolis) sem explicação alguma e correu risco de morte.

“Fui excluído na quinta-feira (28 de setembro), no final da hemodiálise. E, após passar muito mal sem hemodiálise, no sábado fui atendido no Hospital 28 de agosto e fiz uma hemodiálise durante a madrugada”, relatou Thiago, que também ingressará com uma ação por danos morais contra a Pronefro.

Para corrigir a injustiça e o constrangimento sofrido na última semana, Thiago constituiu advogado e ingressou na segunda-feira, 2 de outubro, com um mandado de segurança com pedido de liminar no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) Pronefro. O desembargador Ari Moutinho acatou o pedido e a decisão judicial foi cumprida na manhã desta terça-feira, 3 de outubro.

“A clínica, de uma forma arbitrária, tentou me expulsar do seu quadro de pacientes renais e tentou me colocar à disposição de outra clínica sem meu conhecimento, de forma abrupta. Chamaram-me depois da hemodiálise, eu passando mal e me expulsaram da clínica. Entramos na justiça contra essa decisão e conseguimos a liminar agora e volto a fazer a hemodiálise hoje aqui, para garantir meu direito e o direito de todo paciente renal. Ninguém pode ser expulso, ninguém pode ter seu direito desrespeitado”, disse Thiago, pouco antes de voltar a ser atendido na Pronefro.

O pano de fundo da história é a luta política do paciente contra os desmandos da saúde. Além de ser membro do Conselho Estadual de Saúde, Thiago é secretário-geral da Associação dos Renais Crônicos do Amazonas (Arcam) e tem sido um dos principais críticos da administração pública nesse segmento.

O caso é acompanhado pela Comissão da Mulher, das Famílias e do Idoso da Assembleia Legislativa do Amazonas. A defesa dessa parcela da população tem sido uma das bandeiras da comissão.

Mais informações sobre o assunto:

Thiago Coelho (92) 98166-9664

Assessoria de Imprensa da dep. estadual Alessandra Campêlo:

Emanuel Mendes Siqueira (92) 99122-3785

Últimos Artigos

Seminário de Segurança Inovadora discute esta semana a ordem pública a partir de experiências bem sucedidas no país

Especialistas em segurança pública de todo o Brasil serão palestrantes no II Seminário de...

Promotor investiga suposto desvio de merenda escolar na rede de ensino da Prefeitura de Manaus

O promotor do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), Marcelo Pinto Ribeiro, da 55ª Promotoria...

Abertas inscrições para oficina de pintura para pessoas com deficiência visual e baixa visão

Em comemoração aos 15 anos da audiodescrição no Amazonas, o Governo do Estado, por...

Márcia Perales lança livro sobre a democratização do ensino

A pesquisadora e escritora Márcia Perales Mendes Silva, diretora-presidente da Fundação de Amparo à...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Seminário de Segurança Inovadora discute esta semana a ordem pública a partir de experiências bem sucedidas no país

Especialistas em segurança pública de todo o Brasil serão palestrantes no II Seminário de...

Promotor investiga suposto desvio de merenda escolar na rede de ensino da Prefeitura de Manaus

O promotor do Ministério Público do Amazonas (MP-AM), Marcelo Pinto Ribeiro, da 55ª Promotoria...

Abertas inscrições para oficina de pintura para pessoas com deficiência visual e baixa visão

Em comemoração aos 15 anos da audiodescrição no Amazonas, o Governo do Estado, por...