sexta-feira, julho 19, 2024
HomeCelebridadesAnitta pede a Lula para legalizar maconha em live com Filipe Ret

Anitta pede a Lula para legalizar maconha em live com Filipe Ret

Publicado em

Artigo Relacionado

Violência Domestica: Ana Hickmann é agredida e ameaçada pelo marido

Neste último sábado, 11/11, a modelo e apresentadora Ana Hickmann registrou um boletim de...

A cantora Anitta defendeu a legalização da maconha durante uma transmissão ao vivo com o rapper Filipe Ret. Para apoiar essa pauta política, ela também pediu ajuda a Lula, o pré-candidato do PT à Presidência em quem ela já anunciou que vai votar recentemente.

“Acho que proibir as drogas não faz com que as pessoas parem de usar. Em vez de estarem colaborando com essa guerra na favela que só mata o pobre, gente que não tem nada a ver com isso e só deixa rico esse povo que não paga imposto e que lava dinheiro, tinha que virar empresa, gerar emprego”, disse a cantora. “Eu sou a favor de virar tudo empresa legalizada”, concluiu ela.

As declarações foram feitas na ocasião da live de lançamento do clipe da música “Tudo Nosso”, feita em parceria com Ret, nesta terça (12), pelo Instagram.

Segundo a cantora, seria preciso vender a droga com as advertências dos seus prejuízos à saúde. “[Tem que] colocar igual no cigarro: Se fumar, acontece isso e isso. Quer se foder? Então se fode aí. Se beber, acontece isso e isso. Quer se foder, então vai. Cada um com seu direito. A mulher quer abortar, aborta.”

Ela ainda pediu ajuda ao candidato e líder nas pesquisas eleitorais, o ex-presidente Lula. “Será que o Lula apoia isso, gente? Apoia essa legalização aí para nós”, disse ela, se dirigindo ao político.

Anitta ainda afirmou que já experimentou maconha em Los Angeles, onde a droga é legalizada, mas disse que não gostou. “Isso me dá um negócio estranho, eu fico me sentindo meio lesada. Não consigo falar, mas minha cabeça fica com vários pensamentos e isso me dá muita agonia”, disse Anitta. “O único negócio que eu faço é beber”, afirmou ela em seguida, mostrando uma taça à câmera.

 

 

Fonte: FOLHAPRESS

Foto: Reprodução

Redação por Bernardo Andrade

Últimos Artigos

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Fiocruz AM apresenta áreas de atuação em pesquisa aos integrantes da ASEAN

O Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) recebeu nesta quarta-feira, 17/07, a...

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...