quinta-feira, julho 18, 2024
HomeBrasilMulher que teve marmita negada por bolsonarista: “Me senti humilhada”

Mulher que teve marmita negada por bolsonarista: “Me senti humilhada”

Publicado em

Artigo Relacionado

Ibama e Funai renovam parceria de atuação das Brigadas Federais em Terras Indígenas

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), juntamente com...

A diarista Ilza Ramos Rodrigues (foto em destaque), 52 anos, moradora de Itapeva (SP) que teve negada marmita por ser eleitora de Lula (PT), afirma foi pega de surpresa com a atitude do produtor rural Cássio Cenali.

Imagens que viralizaram nas redes sociais no fim de semana mostram o momento em que Cássio Cenali nega a marmita a Ilza após perguntar em quem ela votaria nessas eleições.

 

Veja o vídeo:

 

A mulher afirmou que votaria em Lula (PT). O homem disse que não entregaria mais marmita à mulher e sugeriu que ela pedisse comida ao candidato Lula.

“Quando o homem falou daquele jeito, fiquei mal. Fiquei ruim, liguei para a minha irmã falando que fiquei com medo. Me senti humilhada, porque, para mim, uma pessoa que tem dinheiro, o carro que tem, não tem direito de humilhar os mais humildes”, lamentou Ilza, em entrevista ao portal Itapeva Alerta.

 

“Surpresa”

De acordo com Ilza, as marmitas começaram a ser entregues por um antigo patrão nos primeiros meses da pandemia da Covid-19. O ex-chefe de Ilza faleceu, mas a comida continuou sendo entregue pelo homem que aparece no vídeo. A mulher conta que foi pega de surpresa com a atitude de Cenali e com a repercussão do caso.

“Não esperava que ele fizesse isso, porque essa marmita me ajudava e ajudava outras pessoas. Eu distribuía, dava para duas famílias. O que ele falou para mim foi muito ruim. Não imaginei que teria essa repercussão. Foi um susto para mim ter levado isso na cara, essa humilhação”, afirmou.

Pedido de desculpas

Nesse fim de semana, o empresário Cássio Cenali publicou um novo vídeo no qual pede desculpas e se diz muito arrependido pelo fato.

“Eu sou o Cássio. Estou aqui para pedir desculpa pelo vídeo, pela infelicidade de ter feito esse vídeo. Estou muito arrependido”, diz ele, na retratação.

“Faz mais de dois anos que eu faço 60 marmitas toda quarta-feira e entrego para morador de rua, inclusive para essa senhora. E não é isso que vai fazer eu parar com esse trabalho meu. É um trabalho que faço com recurso meu, não tenho apoio político nisso ai, não tenho nada. Eu só quero a caridade”, continua ele.

 

 

 

 

Com informações de Metrópoles

Foto: Reprodução

Vídeo: Reprodução/Redes Sociais

Vídeo Entrevista: Portal Itapeva Alerta

Redação por Bernardo Andrade

Últimos Artigos

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...