Conteúdo & Informação

Caso Sara | Wilson Lima pode pegar 10 anos de prisão caso seja comprovado as ameaças e a relação sexual

Manaus | quarta-feira

O caso ”Sara” que tomou grande repercussão após a revista Veja publicar uma nota sobre um registro feito pelo jornalista e agora candidato a governador pelo PSC, Wilson Lima, registrando dois anos após se encontrar com uma jovem, identificada como Ana Sara Oliveira da Silva, de 21 anos, um Boletim de Ocorrência (B.O), acusando-a de assédio.

No documento, ele afirma que teve um encontro com a moça, porém foi um jantar organizado pela produção do programa Alô Amazonas, no qual ele era apresentador, em 2012, a produção fez um quadro onde fãs poderiam se encontrar com ele. Após o jantar, Ana teria publicado nas suas redes sociais que era esposa de Wilson Lima.

O caso gerou mais repercussão após a moça, na sexta-feira (14), durante uma entrevista a um portal de notícias local, revelar que teve um relacionamento com Wilson, revelando que ele a buscava de carro na residência do pai dela, para irem a um motel e chegou a dizer que ela já foi também a residência dele, localizada no bairro Coroado.

Ana Sara também afirmou que recebeu diversas ameaças de Wilson e de um amigo dele, o investigador de polícia Geraldo Pereira do Nascimento Filho, que registrou o B.O para o jornalista e atualmente é seu cabo eleitoral. Wilson lima nega todas as histórias.

O caso agora irá tramitar sob sigilo, na 69º Promotoria Especializada no Combate a Crimes Contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes do Ministério Público do Estado (MP-AM), como informa a assessoria de imprensa do órgão. Se for comprovado as relações sexuais aos 14 anos com o jornalista e também as ameaças dele, Wilson pode pegar até 10 anos de prisão.

 

 

Foto: divulgação.

Redação por Ana Flávia Oliveira.

Redação

Redação

Equipe séria e compromissada com a veracidade da informação, assim como os princípios éticos e legais na produção de matérias jornalísticas e estudos com base em pesquisas confiáveis e fidedignas.

Add Comentário

Clique aqui para postar um comentário

%d blogueiros gostam disto: