Conteúdo & Informação Opinião

Política | Marcelo Ramos e Marcos Rotta ‘’queimam’’ a largada e se inviabilizam para disputa do próximo ano

Manaus | 24 de Maio de 2019 (Sexta-feira)


A corrida pela prefeitura de Manaus do próximo ano já tem suas primeiras vítimas, Marcos Rotta e Marcelo Ramos. Ambos realizaram movimentações erradas e nesta semana viram suas condições diminuírem, fruto de decisões precipitadas e eufóricas.

Marcelo Ramos motivado pelo seu ímpeto característico desconversa sobre suas intenções para disputar a prefeitura, mas na verdade, todos os seus posicionamentos têm sido nesse sentido.

No entanto, viu suas pretensões desandarem, pois as poucas semanas Marcelo articulou com Rodrigo Maia sua possível ida para o DEM, presidido por Pauderney Avelino no Amazonas. Para isso, precisaria ter sua saída garantida do PR de Alfredo Nascimento, algo que não aconteceu. O presidente nacional do PR já bateu o martelo e Marcelo Ramos deverá cumprir seu mandato no PR.

Se o PR tiver um candidato à prefeitura de Manaus no próximo ano, Alfredo Nascimento será o nome. Resta a Marcelo Ramos terminar seu mandato ao qual foi eleito e trabalhar para a reeleição.

Já no caso de Marcos Rotta, o mesmo se inviabilizou desde a sua largada. Há um mês estava tentando estar próximo de Arthur Neto, e recentemente, começou a atacar o prefeito de Manaus todos os dias na televisão, um espaço de mídia que declina em audiência e público, perdendo cada vez mais o espaço para as mídias sociais.

Quando tomou a postura de atacar Arthur Neto, Marcos Rotta tentou medir força, mas se esqueceu que estava no mesmo grupo político do atual prefeito, resultando no abandono de empresários que tentavam lhe ajudar.

Agora Rotta perdeu o apoio de pessoas do próprio grupo político e de empresários, ficando totalmente isolado, sem o apoio e ajuda para possíveis articulações, sem um partido para comandar, queimando a sua largada.

Foto: Reprodução.

Redação por Portal Pontual.

Add Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Eric Barbosa

Eric Barbosa

Mestrado em Saúde Sociedade e Endemias na Amazônia na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA) (2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Entre em contato

Para nós do Portal Pontual, sua opinião vale muito!

Publicidade