quinta-feira, julho 18, 2024
HomeMundoMundo | Suécia fecha 5 bares por não evitar aglomeração contra coronavírus

Mundo | Suécia fecha 5 bares por não evitar aglomeração contra coronavírus

Publicado em

Artigo Relacionado

Manauara Shopping é palco do Manauara Connection, evento de moda, arte e cultura

Na última semana, nos dias 21 e 22/09, aconteceu o Manauara Connection: Moda, Arte...

Manaus | 27 de abril, 2020 | Segunda-feira

A Prefeitura de Estocolmo cumpriu a ameaça feita na última sexta (24) e fechou cinco bares durante o fim de semana, por desrespeitarem medidas de combate à transmissão do coronavírus.

A Suécia é um dos poucos países europeus que não implantaram uma quarentena para combater o coronavírus, mas bares e restaurantes são proibidos de permitir reuniões de mais de 50 pessoas no mesmo local e obrigados a garantir que elas não fiquem de pé ou próximas umas das outras.

Lojas e escolas também continuam abertas. Há restrições à circulação para maiores de 70 anos e doentes e orientação para que as pessoas circulem o mínimo possível e trabalhem de casa, mas sem obrigatoriedade ou punições.

Na sexta, o Ministério do Interior havia avisado em entrevista que agiria com rigor se continuassem as cenas de restaurantes ao ar livre lotados em Estocolmo.

Embora a maioria dos 1.500 estabelecimentos do tipo no país esteja segundo as regras estabelecidas pela agência nacional de saúde, a chegada da primavera e a melhora do clima fizeram crescer a aglomeração de suecos.

Na sexta, a prefeita de Estocolmo, Anna König Jerlmyr, disse que faria fiscalizações “24 horas por dia” e pediu que a população denunciasse irregularidades pelo aplicativo oficial.

Os estabelecimentos fechados podem solicitar a reabertura se resolverem as violações e forem aprovados em nova inspeção, segundo a Prefeitura.

Até as 6h (horário do Brasil) desta segunda (27), a Suécia tinha 21,7 mortes por 100 mil habitantes, 8ª maior taxa entre os 42 maiores países europeus. O número é um terço do registrado na Bélgica, que está no topo do ranking, com 61/100 mil, mas mais que o quíntuplo da vizinha Noruega, que tem 3,7 mortos por 100 mil habitantes.

O governo sueco implantou medidas de distanciamento físico sem uma quarentena mais ampla, sob o argumento de que seus hospitais e UTIs ainda têm 20% dos leitos livres.

A estratégia sueca, segundo o epidemiologista que orienta o governo, Anders Tegnell, é permitir que um número maior de habitantes tenha contato com o coronavírus, para que, numa segunda onda de transmissão, a velocidade de contágio seja menor.

O objetivo não é chegar à imunidade de rebanho, que exigiria até 60% de pessoas imunizadas, mas monitorar a situação do sistema de saúde e da progressão da doença para permitir que a população fique menos vulnerável, disse ele em duas entrevistas na semana passada.

Últimos Artigos

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...

Casa das Artes: Exposições celebram a diversidade cultural e artística

Nesta sexta-feira (12/07), às 18h30, a Casa das Artes, localizada na rua José Clemente,...

Eric Lima

Criador do Portal Pontual

Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na área de concentração de Epidemiologia de Agravos e Prevalentes na Amazônia pelo instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/FIOCRUZ), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Universidade Federal do Pará (UFPA - 2013). Tem experiência em pesquisa na área de Epidemiologia, Saúde Coletiva com ênfase em Saúde Pública, Avaliação de Serviço em Saúde e Saúde Baseada em Evidências, desenvolvendo estudos nos temas: Tuberculose, Resistência aos fármacos, Tuberculose Multirresistente, Coinfecção TB/HIV.

Mais artigos como este

Ambientalistas saem em defesa do Igarapé do Goiabinha em Manaus.

O ato ocorreu neste dia 10 de julho por ocasião da 7a. Reunião da...

Projeto ‘Aqui Tem Jazz’ promove circuito gastronômico em Manaus durante período do Amazonas Green Jazz Festival

A organização do Amazonas Green Jazz Festival, edição 2024, estão com as inscrições abertas...

Com apoio do Governo do Amazonas, incubadora de empresas fortalece empreendedorismo de base tecnológica

No interior do Amazonas, especificamente no município de Itacoatiara (distante 176 quilômetros de Manaus),...